Gilberto Freyre: uma rápida biografia  

Publicado originalmente como: http://www.partes.com.br/freirebiografia06.html

Ano I – Nº6 – Setembro de 2000

Gilberto Freyre (1900-1987) escreveu 67 livros, sendo Casa Grande & Senzala a sua maior obra, publicada em 1933, e que se tornou um clássico sobre a história da formação da sociedade brasileira. O autor de Sobrados e Mocambos foi o escritor brasileiro que mais recebeu homenagens de universidades da Europa e dos EUA.

“Gilberto Freyre já foi bandido e até herói, surgiu como defensor de uma escravidão enganosamente benigna ou exaltado como precursor da história das mentalidades.” Lilia Moritz Scwarcz

Gilberto Freyre: uma rápida biografia  

O escritor e sociólogo Gilberto Freire imprimiu a sua obra uma visão poderosa e original dos fundamentos da sociedade brasileira.

Sua mensagem representou um divisor de águas na evolução cultural do Brasil e contribuiu para que o país encarasse com mais confiança seu papel no mundo moderno. Gilberto de Melo Freire, que como escritor assinava Gilberto Freyre, nasceu em Recife PE. Fez estudos primários e secundários no Colégio Americano Gilreath e seguiu depois para os Estados Unidos, onde cursou as universidades de Baylor (Waco, Texas) e Colúmbia (Nova York).

De volta ao Brasil em 1924, permaneceu em Recife, cidade que se tornou a base de sua atividade intelectual, mas não abandonou as viagens internacionais. Dirigiu por algum tempo o jornal A Província. Foi oficial de gabinete e assessor direto do governador de Pernambuco Estácio de Albuquerque Coimbra, deposto pela revolução de 1930.O escritor projetou-se nacionalmente na década de 1930. Deputado à Assembleia Nacional Constituinte em 1946, Freire permaneceu na Câmara Federal até 1950.

Membro do Conselho Federal de Cultura desde sua criação, em 1967, recebeu numerosas láureas, títulos e prêmios, nacionais e estrangeiros. Professor honoris causa da Universidade de Coimbra e de outras universidades brasileiras e estrangeiras, membro de sociedades internacionais de cultura, afirmou, no entanto, sua independência em relação à instituição acadêmica, da mesma forma que se declarou pós-marxista e não modernista, acatólico e não anticatólico.

Gilberto Freire morreu em Recife, em 18 de julho de 1987. Sociólogo e escritor brasileiro. Sua obra, sobre a contribuição do negro e o fenômeno da miscigenação, apresenta uma visão original da sociedade brasileira.

LUCIANO SANTOS MACIEL
Enciclopédia Britannica Ltda.

Post Author: partes