Dibs, em busca de si mesmo

AXILINE,Virginia Mae – DIBS EM BUSCA DE SI MESMO; tradução de Célia Soares Linhares. Rio de Janeiro, Agir,1974.290 p.

 

dibs

O livro em questão retrata a estória de uma criança em busca de si própria,procurando a sua identidade. Trata do desabrochamento pessoal à luz da experiência própria do procurar-se, do encontrar-se através da ludoterapia e da observação.

Notamos a paciência da terapeuta no desenvolver do trabalho, a quebra dos laços de relação, deixando à criança que tomar iniciativa para não privar a criança de construí-la.

A intenção fundamental da terapeuta era comunicar-se através da confiança nas suas habilidades e estimulando-o com sua expectativa, ajudando-o a conseguir sua independência emocional. Sem complicações,a terapeuta agia apenas como apoio.
Foi a força interior e a sua extraordinária coragem que fez com que a terapeuta iniciasse os trabalhos com Dibs.

As sessões de ludoterapia foram o grande passo para o desenvolvimento interior de Dibs, assim como enfrentar a resistência inicial da família foi um dos primeiros obstáculos da terapeuta.

O trabalho da terapeuta enquanto voltado à pesquisa e no aprofundamento da psicologia infantil confere a autenticidade e a autoridade necessária ao trabalho de ludoterapia.

A sala de brinquedos‚ o mundo que Dibs descobre,um mundo novo que ele pode criar e recriar da forma que quiser, através da brincadeira que Dibs constrói sua realidade. A ludoterapia ajudou Dibs a encontrar-se consigo mesmo,a descobrir suas potencialidades.

Dibs agora‚ uma criança feliz e relaxada com a felicidade estampada em seu rosto,passou a respeitar,a desenvolver seu interior,cresceu o seu auto entendimento aprendendo a observar as diversas personalidades,direitos e diferenças.

O livro resgata a importância da brincadeira e do autoconhecimento para o livre desenvolvimento da criança,formando seus princípios e obtendo a sua liberdade e respeito.

 

Post Author: revistapartes