Conduzir, dirigido

 

Conduzir

Tenho uma paura danada de dirigir. Minhas pernas tremem, meu coração pulsa mais que o normal. Sei que não é um problema exclusivamente meu. Muitos enfrentam com dignidade, outros pelejam para entrar no automóvel. Uns superam este trauma com rapidez, outros como eu vão levando com a barriga. Outros simplesmente desistem. Muitos procuram ajuda psicológica e superam o medo.
Cheguei a pensar se isto não está no DNA, se é genético.
Sorte a minha que minhas namoradas dirigiam, minha esposa dirige e eu de expectador, vou levando a vida na carona.
A falha será sempre minha, sei que só eu é que poderei superar este desafio. Superarei?

Conduzido
Uma das características do eleitorado, na minha opinião, é esperar para ver. Pagar para ver. E muitas vezes paga muito caro pelo preço de "pagar para ver".
Parece que tudo caminha para reforçar esta tese nesse ano eleitoral.
É um jogo recheado de conformismo e desilusão. Enquanto poucos eleitores lutam para mudar a situação, a maioria prefere ser conduzido, levado pelo jogo político das elites.
Nesta "sociedade da propaganda" ganha que vender seu produto com mais eficiência: são as leis do mercado e o político apenas um produto para venda.

Post Author: revistapartes