Zeh Gustavo e O Espaço da Poesia Nesta Idade do Zero: Tradição e Transgressão

Camaradas:
No 23 de maio último, passei por uma grata surpresa. Participei, a convite da professora Fábia Marucci, do III Simpósio de Língua e Literatura da Unisuam, onde aliás fui muito bem recebido pelos alunos do curso de Letras. Ministrei, de modo bastante informal, a palestra O Espaço da Poesia Nesta Idade do Zero: Tradição e Transgressão e compus a mesa para o debate A Criação Poética e Eu, junto com os professores Anderson da Silva Ribeiro e Ercilia Bittencourt. Foi uma experiência maravilhosa, pois pude falar com liberdade sobre temas como sociedade do espetáculo, literatura e música e principalmente notar, com muita alegria, que existe uma juventude curiosa e interessada no que se está a produzir na cultura brasileira. Me senti honrado, ainda, de poder levar a um público que costuma ter pouco acesso à poesia contemporânea uma pequena amostra do trabalho de artistas como Pedro Candela, Hilda Hilst, Glauco Mattoso, Tonico Mercador, Chico Doido de Caicó, Ricardo Aleixo e Antonio Calloni, entre outros.
 
Aproveito a deixa para divulgar mais uma Cesta Cultural no Sindpd-RJ, desta vez com a Banda Pele de Couro, tocando muito forró, coco, ciranda e um rock misturado com ritmos brasileiros; o grupo de dança folclórica Zanzar; o cartunista Carlos Latuff, expondo seu trabalho, bastante conhecido no movimento sindical; e com o lançamento do livro O labirinto de espelhos, com a presença de Vera Sarres, uma das escritoras do livro. Como sempre, ingressos a R$ 5,00 ou R$ 3,00, com filipeta ou esta mensagem impressa. Trabalhadores sindicalizados ao Sindpd-RJ não pagam. A Cesta Cultural no Sindpd-RJ acontece na próxima sexta-feira, dia 1º de junho, a partir das 19h, na Av. Presidente Vargas, 502 – 13º andar. Outras informações: 2516-2620.
Meus ósculos e amplexos,
Zeh Gustavo.

___________________________

Post Author: revistapartes