Especialista norte-americano em degradação de plásticos faz palestra em São Paulo na segunda-feira de manhã

São Paulo, 27 de junho de 2008 – A Plastivida Instituto Sócio-Ambiental dos Plásticos promove na segunda-feira, dia 30, uma palestra com o professor Joseph Greene, coordenador do estudo encomendado pelo governo da Califórnia para avaliar os processos de degradação dos plásticos e municiar o estado das informações necessárias para a adoção de uma política pública eficiente e ecológica.

O estudo coordenado por Greene, intitulado Performance Evaluation of Environmentally Degradable Plastic Packaging and Disposable Food Service Ware, testou a decomposição de plásticos convencionais, dos biodegradáveis, dos oxi-biodegradáveis e de outros. Produzido pela Universidade Estadual da Califórnia e pelo Chico Research Foundation, foi solicitado pelo governador Arnold Schwarzenegger e demonstrou-se decisivo para a Califórnia optar pela não-obrigatoriedade dos plásticos chamados oxi-biodegradáveis.

PhD em engenharia química pela Universidade de Michigan e professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual da Califórnia, Greene explicará o resultado de seu trabalho em São Paulo, no 9º Simpósio Plastivida – Sacolas Plásticas e Meio Ambiente: Importância Estratégica de sua Correta Destinação.

“O que o estudo de Greene nos mostra é que os oxi-biodegradáveis, na verdade, não são biodegradáveis, ou seja, se fragmentam, mas continuam a poluir o meio ambiente. Além disso, o aditivo que promove essa fragmentação impede a reciclagem do plástico”, afirma Francisco de Assis Esmeraldo, presidente da Plastivida.

A gestão Schwarzenegger investe fortemente no gerenciamento do lixo urbano por meio do programa California Integrated Waste Management Board, em parceria com a indústria, os municípios e outras entidades. “A Califórnia tem uma grande lição a dar ao Brasil. O estado resolveu se aprofundar na questão da degradação dos plásticos antes de adotar qualquer tipo de medida, e é por isso que estamos promovendo este intercâmbio”, diz Esmeraldo.

Durante o evento, também serão abordados temas como a revalorização das sacolas plásticas no pós-consumo e o trabalho que vem sendo realizado pela indústria brasileira para promover o uso responsável das sacolinhas plásticas, por meio do Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas.

“A indústria nacional assumiu o compromisso de promover o uso responsável dos plásticos, seja ele em forma de embalagem ou sacolas. Nosso objetivo é fazer prevalecer os 3R’s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar”, afirma Esmeraldo.

Post Author: revistapartes