Meio Ambiente leva jornalistas e educomunicadores ao SESC-Vila Mariana

Como se comportam os jornais brasileiros frente ao tema das mudanças globais? Que estratégias de comunicação vem o governo adotando no tratamento dos conflitos que envolvem o meio ambiente? Existe, no Brasil, uma política de educação ambiental? Os investimentos do setor privado têm compensado suas contribuições para a acirrramento dos problemas ambientais? Que papel cabe, nesse contexto, às ONGs, ao Terceiro Setor e ao sistema formal de ensino? O que é “stress ecológico” e como as crianças e adolescentes se envolvem na luta pela preservação da natureza?

Estas e outras questões serão debatidas durante o VI Simpósio Brasileiro de Educomunicação, previsto para ocorrer no espaço do SESC-Vila Mariana (Rua Pelotas, 141, São Paulo), em São Paulo, entre 28 e 30 de outubro, numa iniciativa do NCE – Núcleo de Comunicação e Educação da USP, do Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, do Canal Futura, do International Institute of Journalism and Communication, de Genebra, Suíça, e do SESC- Serviço Social do Comercio de São Paulo. O público esperado é de 700 pessoas de todo o país.

Está prevista a presença do próprio Ministro Carlos Minc na abertura do evento, assim como o a do Secretário do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo, Eduardo Jorge Sobrinho, que acaba de encaminhar à Câmara Municipal um projeto de lei estabelecendo uma política de redução do nível de poluição na cidade. Também confirmou presença a recém-empossada Diretora do Departamento de Educação Ambiental do MMA, Lúcia Anello, assim como Rachel Trajberg, coordenadora das Conferências Infanto-Juvenis de Meio Ambiente, uma iniciativa do MEC juntamente com estados e municípios. Entre os 54 especialistas que atuarão nas mesas e painéis, encontram-se a jornalista Lúcia Araújo, do Canal Futura; André Trigueiro, da Globo News, Marcelo Leite, da Folha de São Paulo; Mathew Shirts, da Revista National Geographic; Herton Escobar, do Jornal O Estado de São Paulo; Filomena Saleme, da Rádio Eldorado, Adalberto Marcondes, Diretor da Revista Digital Envolverde – Ambiente, Educação e Sustentabilidade e Eugênio Bucci, ex-presidente da Radiobrás e professor da ECA-USP.

O evento contará, ainda, com Ismar de Oliveira Soares, da ECA/USP, pesquisador do conceito da educomunicação; Daniel Raviolo, sociólogo argentino e fundador da ONG Comunicação e Cultura, de Fortaleza, CE, responsável por projeto de jornal em 1.200 escolas, possibilitando um mapeamento dos problemas ecológicos do Nordeste elaborado por crianças e adolescentes da região, assim como Marcia Rolemberg, da Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro, vinculada ao Projeto Nas Ondas do Ambiente, que o Ministro Carlos Minc pretende lançar para todo o país.

Mostras de documentários e atividades artísticas farão parte da programação, ao que se somará uma série de workshops voltados à produção de documentários para Tv e de programa de rádio em escolas, bem como à mobilização multimediática em torno dos temas ambientais, com a presença de especialistas como Leonardo Menezes, do Globo Ecologia; Francisco Costa, do Ministério do Meio Ambiente e do Prof. Carlos Lima, Presidente do Comitê Gestor da Lei Educom, em São Paulo.

O simpósio contará com a cobertura jornalística, por parte de um grupo de 100 adolescentes, com a assistência de 30 educomunicadores de organizações como o NCE/USP, o Canal Futura e o programa Nas Ondas do Rádio, da Prefeitura de São Paulo. As produções serão exibidas através da web-rádio e na programação do Canal Futura. Informações pelo telefone 5080 3142. Inscrições, com opções por atividades, pelo site www.sescsp.org.br.

Post Author: revistapartes