Lixo paralisa o metrô de São Paulo

 
Caros,

Tardes de chuvas e enchentes tornaram-se parte do dia-a-dia do paulistanos. Ontem, depois da chuva, voltando para casa, testemunhei o inverossímel alagamento da estação Jardim São Paulo do metrô. Falando com funcionários do metrô, soube que tudo foi provocado por sacos e sacos de lixo, carregados pela chuva que acabaram bloqueando as grelhas de drenagem nas entradas da estação. Daí, a água encachoeirou nas escadarias, alagou mezanino, plataforma e até o leito dos trens, paralisando toda a linha Norte-Sul. Então, sacos de lixo paralisaram o metrô de São paulo no horário de pico.

Tudo se resume ao hábito arraigado – quase displicente – de depositar seu lixo diretamente nas calçadas, muitas horas antes da passagem dos carros coletores. Acho que está na hora de a Prefeitura organizar esse serviço e talvez multar os imóveis que ostentarem lixo em suas fachadas antes do horário de coleta. Devemos criar horário, padronizar conteineres e principalmente nos educarmos para nunca jogar o nosso sagrado lixo no chão.

Vamos começar?  

Marcos de Sousa

 

Post Author: revistapartes