A voz de Deus

Aparecida Luzia de Mello*

publicado em 02/06/2011 como www.partes.com.br/terceiraidade/avozdedeus.asp.

Aparecida Luzia de Mello É Advogada, Mestre em Políticas Sociais, Pós-Graduada em Gestão e Organização do 3º Setor, Psicogerontologia e Memórias.

A jovem senhora começou a se sentir incomodada por um zumbido constante no ouvido, às vezes era tão alto que a deixava tonta, em outros momentos era quase imperceptível.

Zumbido significa perceber um som que não está sendo gerado no meio ambiente naquele momento. É um sintoma bastante frequente, que pode acometer cerca de 17% da população em alguns países… Ainda não sabemos sua prevalência no Brasil, mas se extrapolarmos os dados internacionais para nossa população, é possível que cerca de 28 milhões de brasileiros já tenham tido alguma forma de zumbido. (BENTO, 2010)

Passou a prestar atenção e concluiu que quando estava muito cansada, o tal zumbido aumentava. Normalmente de manhã ao acordar quase não ouvia nada, mas no decorrer do dia conforme a tensão das atividades apertava o ruído aumentava, e a noite quando voltava para casa do trabalho o barulho dentro de sua cabeça era infernal.

Resolveu ir ao médico, fez um checkup até ouvir do otorrino que o zumbido não era nada grave e até poderia diminuir com o controle de stress, da vida agitada, da tensão nervosa, da ansiedade, mas não havia como acabar com ele, pois o sintoma está ligado à vida moderna e a genética de cada um.

Alguém lhe sugeriu tratamento alternativo. Ela optou pela acupuntura.

Marcou uma consulta num consultório alternativo. Ali o atendimento não era feito por médicos, já que na época a profissão não era regulamentada e havia o chamado prático ou técnico atuando na profissão.

Chegou falando da tensão, ansiedade, stress e logo foi picada, uma sessão, duas sessões, três sessões; e a conversa começou a rolar. Assuntos diversos, até que um dia ela reclamou do zumbido infernal e disse à profissional que estava fazendo aquele tratamento porque tinha como objetivo maior ver-se livre dos zumbidos ocorridos devido ao stress.

Contou que às vezes o barulho era tão intenso que atrapalhava seu repouso.

A acupunturista então lhe disse:

-: você sabia que este zumbido é Deus falando com você?

De pronto, sem pensar ela respondeu:

-: se for isto tudo bem, mas Ele não precisava gritar!

         Logicamente em tom de brincadeira, porque ela não levou a sério o comentário da profissional, mas a mulher fechou a cara e enfiou a última agulha com mais confiança.

Só se ouviu um Ai e fez-se silêncio total a partir daí! Nunca mais ouve bate papo entre elas. Ela terminou as sessões já pagas antecipadamente e nunca mais voltou àquela clínica.

Hoje faz tratamento com um médico especializado em acupuntura e o zumbido praticamente sumiu, somente quando perde o controle emocional volta a ouvir A VOZ DE DEUS!

BIBLIOGRAFIA:

BENTO, Ricardo Ferreira. O que é zumbido? Disponível: <http://www.zumbido.org.br/> em 29/12/2010.

* Advogada, Mestre em Políticas Sociais, Pós-Graduada em Gestão e Organização do 3º Setor, Psicogerontologia e Memórias. Palestrante, professora, dirige o PEEM Ponto de Encontro e Estudo da Maturidade, voluntária da 3ª Idade e Recanto do Idoso Nosso Lar.

Email: cidamell@uol.com.br

Post Author: partes