Cirurgias espirituais

CIRURGIAS ESPIRITUAIS
nair lúcia de britto
Foto: Rosali Martins
Nair Lúcia de Britto nasceu em Joanópolis (SP). Passou toda minha infância em Santos(SP), o que talvez explique minha paixão pelo mar…
Formada em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, em 1977, em São Paulo (SP.) Seu primeiro emprego foi na revisão da Folha de São Paulo. Posteriormente Editora Nova Cultural, preparando textos de livros e revistas.
Escreveu vários textos infantis, publicados na Folhinha de S. Paulo; comentários de livros e filmes para a revista “Contigo”; e crônicas, publicadas na Folha da Tarde (SP) na coluna do jornalista Mário de Morais.
Em São Vicente (SP) foi repórter e cronista do jornal “Primeira Cidade”. Além de prosas, escreve também comentários de filmes de arte; publicados, atualmente, na revista virtual Partes.

Em reportagem à revista Veja, em setembro do ano passado, o ator brasileiro Reynaldo Gianecchini revelou, com o mesmo sorriso lindo que lhe é tão peculiar, que recorreria à cirurgia espiritual para se curar de um grave problema de saúde; paralelamente ao tratamento convencional no Hospital Sírio-Libanês. O sucesso do auto transplante de medula óssea foi comemorado com um bolo dentro do próprio hospital.

Segundo o Livro dos Médiuns, de Allan Kardec, a mediunidade de cura é um assunto tão complexo que é preciso um livro para explicá-la. Resumidamente falando, a verdade é que existem médiuns que têm o dom de curar pelo simples toque de mãos, pelo olhar ou um gesto, sem se utilizar de nenhuma medicação ou instrumento. O fluído magnético exerce um importante papel no ato da cura, mas quando o fenômeno é examinado mais cuidadosamente, reconhece-se que existe algo mais além.
A magnetização comum é uma forma de tratamento com a devida sequência, regular e metódica. Todos os magnetizadores estariam aptos para curar, se estivessem devidamente esclarecidos sobre este assunto. No caso dos médiuns curadores é diferente: essa faculdade é espontânea (mesmo que o médium nunca tenha ouvido falar em magnetismo) e a intervenção de uma potência oculta torna-se evidente.
O médium é um intermediário entre os Espíritos e os homens. O magnetizador tira sua força de si mesmo, mas não é intermediário a nenhuma força estranha. É esta a diferença entre o médium e o magnetizador.
A força magnética pertence ao homem, mas é aumentada pela ajuda do Espírito para quem o médium apela. Os médiuns que magnetizam para o bem são auxiliados pelos espíritos bons. Vale ressaltar que, na mediunidade de cura, é a ação dos espíritos que dá a eficácia curadora ao magnetismo humano.
Mas vale também se acautelar em relação àqueles que magnetizam para fazer o mal. Estes são ajudados pelos espíritos maus; mesmo que não apelem ou nem mesmo acreditem na existência deles. Somente o mau pensamento já os atrai. Daí a necessidade daqueles que querem não só ficarem curados de alguma enfermidade, mas também serem bem-sucedidos nas diversas empreitadas da vida, de policiarem o próprio pensamento; que deverá estar sempre voltado para o bem para receber o bem que necessitam.
No caso do ator Reynaldo Gianecchini, ele recorreu ao médium João Berbel, que trabalha numa casa espírita na cidade de Franca, interior de São Paulo, para fazer a cirurgia espiritual; paralelamente ao tratamento médico tradicional. Foi de importância vital o otimismo do ator tão querido do público brasileiro e a sua confiança em Deus, para sua cura total. Essa energia positiva que ele demonstrou foi um belíssimo exemplo a todos nós.
Em entrevista ao programa Transição (Rede TV), Berbel informou que nas suas primeiras cirurgias espirituais ele chegou a se utilizar de instrumentos para cortar o paciente. Mas ele próprio reconheceu que este método não era aconselhável, porque dessa forma já não se caracterizava mais uma cirurgia espiritual e sim física; e que este trabalho deve ser realizado somente pela Medicina. Que a cirurgia ou tratamento espiritual não dispensa de forma alguma o tratamento convencional. Muito pelo contrário. Isto porque todos nós somos corpo e alma. O médico cuida do corpo e o médium cuida da alma. Ambos (corpo e alma) precisam estar perfeitamente sadios, para uma cura plena.
Esclareceu também que “o que realmente cura os doentes é o amor, como fez Jesus. E, junto com o amor, a . Por isso, quando Jesus curava ele sempre dizia:
Tua fé te salvou.

Post Author: partes