Mecanismos da cura espiritual

MECANISMOS DA CURA ESPIRITUAL

nair lúcia de britto

Foto: Rosali Martins
Nair Lúcia de Britto nasceu em Joanópolis (SP). Passou toda minha infância em Santos(SP), o que talvez explique minha paixão pelo mar…
Formada em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, em 1977, em São Paulo (SP.) Seu primeiro emprego foi na revisão da Folha de São Paulo. Posteriormente Editora Nova Cultural, preparando textos de livros e revistas.
Escreveu vários textos infantis, publicados na Folhinha de S. Paulo; comentários de livros e filmes para a revista “Contigo”; e crônicas, publicadas na Folha da Tarde (SP) na coluna do jornalista Mário de Morais.
Em São Vicente (SP) foi repórter e cronista do jornal “Primeira Cidade”. Além de prosas, escreve também comentários de filmes de arte; publicados, atualmente, na revista virtual Partes.

Segundo artigo de autoria de Edvaldo Kulcheski, publicado no site do Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas a mediunidade de cura possibilita ao médium curar uma pessoa enferma, através de fluidos da natureza.

Cura espiritual sem necessidade de cortes 

O médium curador emite seus próprios fluidos para que sejam produzidos efeitos físicos concretos (ectoplasma), a fim de recuperar órgãos, tecidos e curar doenças, inclusive, aquelas que ocorrem por influência espiritual. O fluido na sua essência é sempre o mesmo: uma substância cósmica fundamental. O ectoplasma (produzido pelo médium) é denso e pesado. Enquanto que o fluído da natureza do qual o médium tem a capacidade de captar é um fluido leve que, ao ser transmitido para o enfermo, revigora seus órgãos e normaliza suas funções. Para entrar em contato com as essas fontes curadoras da natureza, o médium faz uma oração, orientado pela Lei do Amor. Esta é a lei que preside no plano espiritual superior. Ele se coloca em consonância com as atividades universais da criação, buscando forças de alto poder e as transfere para o enfermo. Por sua vez, o enfermo vibra nessa mesma sintonia através de sua fé. Os fluidos que penetram seu corpo físico, atingem suas células, proporcionando-lhes mais vitalidade.

Cirurgias espirituais com cortes

O espírito do médico-cirurgião serve-se do corpo físico do médium para realizar a cirurgia. E o médium opera o paciente, completamente inconsciente sobre seus atos, com instrumentos cortantes e sem nenhuma precaução de assepsia. O cirurgião invisível é o verdadeiro operante e junto a outros espíritos ligados à área médica fazem diagnósticos rápidos e auxiliam quanto aos anestesiantes e cicatrizantes. Sobre esse assunto, li na revista Visão Espírita (edição n. 21) uma nota publicada, respondendo à dúvida de uma leitora sobre esse tipo de cirurgia:

Concordamos com Emmanuel, o nobre amigo espiritual que tão sábios conselhos nos tem dado, através de Chico Xavier, quando afirma não ser necessário promover cortes no corpo físico, nas chamadas cirurgias espirituais, desde que os espíritos atuam em nosso benefício por outras vias. Assim não nos achamos no direito de indicar outra coisa a não ser confiança em Jesus.  Dirija-se a Ele com fé sincera.

Cirurgias espirituais à distância

Nesses casos, o paciente se inscreve numa lista de pessoas que desejam obter a cura espiritual sem a necessidade de comparecer ao Centro Espírita em questão. Para isso é marcada uma data e um horário determinados. O paciente deverá ter muita disciplina ao seguir as recomendações que lhes forem passadas. Essas operações mediúnicas são feitas através de fluidos irradiados à distância por pessoas de magnetismo terapêutico. Os espíritos de técnicos e operadores do plano espiritual atuam submetendo os fluidos irradiados pelos médiuns do Centro Espírita a uma elaboração transcendental nos laboratórios da Espiritualidade. É um trabalho feito em conjunto: com os médiuns e os espíritos ligados à Medicina. Os fluidos dos médiuns são submetidos a um tratamento químico, pela Espiritualidade. Esses fluidos heterogêneos exigem “purificação”. Quer dizer, um padrão vibratório elevado tanto por parte dos médiuns que trabalham no Centro Espírita, como do enfermo. Esses fluidos percorrem distâncias e chegam até a casa do paciente a ser tratado.

Condições para o sucesso da cirurgia espiritual

Para a eficácia do resultado o médium precisa ter uma moral elevada, força de vontade disciplinada, vibração e forças que potencializam as energias espirituais. Além disso, estar bem de saúde, não fumar, não ingerir bebidas alcoólicas e alimentar-se de carne com muita moderação. O poder curativo está inteiramente ligado com a pureza dos bons fluidos produzidos pelas qualidades morais do médium, intensa força de vontade e o desejo ardente de ajudar. Com relação ao paciente, durante o tratamento, também é necessário uma alimentação leve, abster-se de carne, bebidas alcoólicas e cigarros e ter a mente sempre voltada para o bem. 

Nos tratamentos feitos à distância, o paciente precisa estar em boas condições psíquicas. O desequilíbrio mental do ambiente onde o enfermo reside também dificulta o trabalho dos espíritos operadores. O paciente que tem a mente saturada de fluidos sombrios ou está com o sistema nervoso alterado por causa de alguma discussão impede o sucesso do trabalho dos operadores espirituais. Sentimentos negativos, tais como ódio, vingança, luxúria ou cobiça também atrapalham o êxito do tratamento. Isto porque a ação vibratória dos espíritos operadores é muito elevada e incompatível com vibrações de baixo padrão.

Como se processa a cura espiritual?

A cura espiritual se processa conforme a nossa fé, merecimento ou necessidade. Vale lembrar que nem todos os enfermos são curados. Há casos em que é necessário que o paciente prossiga com seu problema de saúde ou limitação, para equilibrá-lo espiritualmente. De outras vezes, a cura não se realiza por causa de algum resgate cármico que o enfermo precisa passar devido a erros do passado nesta ou em outras vidas. E há outros casos em que seu sofrimento pode, pelo menos, ser amenizado. Depois de se ver curado, o paciente deverá ter uma vida mais regrada quanto aos seus hábitos e sua alimentação; e ter uma atividade sempre voltada para o bem. Caso contrário o problema de saúde pode voltar. A mediunidade de cura é rara, mas existe. Com o aval de Deus e em circunstâncias favoráveis, qualquer pessoa pode ser curada. Mas sem jamais dispensar o tratamento médico tradicional. A física e a espiritual são duas forças que, unidas, tornam-se ainda mais poderosas.

Post Author: partes