Exercícios atenuam dificuldade ao caminhar de pessoas com síndrome de Down

cremedio030929_b01aAgência Notisa – Pessoas com síndrome de Down apresentam alterações no caminhar decorrentes de diversos fatores, entre eles, obesidade, déficit de equilíbrio, fraqueza muscular, hipotonia e frouxidão ligamentar. Uma pesquisa publicada este ano na revista Fisioterapia em Movimento sugere que exercícios físicos podem ajudar esses pacientes.

“Estudos mostram que períodos superiores a três meses de exercícios são necessários para ocorrer ganhos no equilíbrio, coordenação e nas variáveis da marcha”, explicam os autores da pesquisa intitulada “Efeitos dos exercícios de força muscular na marcha de indivíduos portadores de síndrome de Down”.

Os pesquisadores das Faculdades Integradas do Brasil (UniBrasil) sugerem no artigo que intervenções precoces são fundamentais para promover resultados positivos no desenvolvimento motor e nos domínios cognitivos desses pacientes. “Estudos comprovam que exercícios de fortalecimento podem alterar o padrão anormal da marcha nesses indivíduos, mas ainda há controvérsias quanto à intensidade em que devem ser aplicados. Além disso, os programas de exercícios físicos são importantes para melhorar o quadro de hipotonia e de obesidade que são características do indivíduo com síndrome de Down e que podem contribuir para a alteração dos padrões da marcha”, destaca a equipe no estudo.

Post Author: revistapartes