Zeh Gustavo constitui o heterônimo poético-musical do escritor Gustavo Dumas, autor de Mito da origem do futebol (Cone Sul, 1997), O povo e o populacro (Cone Sul, 1998) e Solturas, balões e bolinhas de papel (Damadá, 2001). O primeiro livro com a marca autoral de Zeh Gustavo, Idade do Zero (Escrituras Editora, 2005), teve prefácio de Mário Chamie e boa receptividade de crítica e público. Como compositor, Zeh Gustavo tem apresentado músicas em festivais pelo Brasil, além de ser figura presente nas rodas de samba do circuito boêmio fluminense.

Zeh Gustavo constitui o heterônimo poético-musical do escritor Gustavo Dumas, autor de Mito da origem do futebol (Cone Sul, 1997), O povo e o populacro (Cone Sul, 1998) e Solturas, balões e bolinhas de papel (Damadá, 2001). O primeiro livro com a marca autoral de Zeh Gustavo, Idade do Zero (Escrituras Editora, 2005), teve prefácio de Mário Chamie e boa receptividade de crítica e público. Como compositor, Zeh Gustavo tem apresentado músicas em festivais pelo Brasil, além de ser figura presente nas rodas de samba do circuito boêmio fluminense.

Compartilhe esse texto

Share to Google Buzz
Share to Google Plus
Share to LiveJournal
Share to Yandex

Compartilhe esse texto

Share to Google Buzz
Share to Google Plus
Share to LiveJournal
Share to Yandex