Á beira da escassez

aguapartes

 

Reduzir o consumismo

No ritmo frenético da evolução da tecnologia aumentamos o consumo de energia elétrica para nos abastecer, para satisfazer nossas necessidades – nem sempre básicas.

Fomos profundamente incapazes de acompanhar o ritmo de crescimento de um país que não pode se deixar estagnar.  Apesar de todas as críticas, todos os erros, o país crescia.

 

Despreparados

Não nos ensinaram, seja nas escolas, seja em nossas casas ou na sociedade que um dia poderíamos viver em regime de escassez. Saímos de um século de abundância e crescimento: reduzidos no mito do consumo. Sempre às custas da natureza.

 

Atitudes

É hora de movimento: para solucionar a escassez de água; para melhorar o meio ambiente e colocar em prática novas estruturas de geração de energia capazes de evitar colapsos como esses e que utilizem tecnologias que respeitem a natureza.

Adquira o Ebook Econotas – para uma vida sustentável

Post Author: revistapartes