O trânsito representa o que há de mais caótico nas grandes metrópoles, é o cenário que parece condensar drasticamente o conflito e as disputas que marcam a vida urbana. Nas ruas e avenidas da cidade, as pessoas se digladiam para ir e vir usando o transporte coletivo público ou as formas individuais e privadas de mobilidade. Dessa necessidade que se impõe diariamente a milhões de pessoas surge uma realidade permeada por desavenças, violência e mortes. O trânsito brasileiro apresenta números, entre mutilados e mortos, semelhantes aos de uma guerra civil. Muito tem sido feito para amenizar essa realidade, mas seria possível pensar num espaço público menos violento ou o seu oposto, isto é, um trânsito amistoso onde as pessoas...
Continue a Leitura »