por Eduardo Paulo Berardi Junior Há quem tenha optado por viver sozinho e alguém então indaga: Mas o que que te deu que você vive sozinho? Alguma decepção? Medo? Ou ninguém está à altura de viver com você? Que somos seres gregários não é preciso dizer… Se optamos por não ter um acompanhante para nossa vida, é uma coisa. Se ficamos isolados sem termos feito opção… aí a coisa é outra… De certa forma há um utilitarismo observado nas relações… “afinal, quando a velhice chegar o que vai ser de mim? Quem vai cuidar de mim?” O medo de percorrer a estrada sem parceria, pode ser apavorante. Assim, os outros são complementos do nosso percurso… uma necessidade e uma...
Continue a Leitura »