ACABOU O CARNAVAL   Até que enfim é possível sair de casa, a cada ano acrescenta-se mais um dia de carnavalização e mais tumulto para quem reside nas imediações do circuito do carnaval, principalmente Barra / Ondina. Aliás, a esperada quarta feira de cinzas não é ainda o fim do transtorno, mas é uma sensação de liberdade depois de uma semana engaiolado, sem direito a uma noite de sono, escutar música, nem atender telefone. Os incômodos que anteciparam o evento continuam, cerca de um mês antes e um mês depois da festa são os preparativos: montagens e desmontagens de camarotes, depósitos de bebidas, postos de atendimentos etc.   Um País depois de tantas denúncias, com a economia atolada, as...
Continue a Leitura »