A poeta….

A POETA…

A poeta é aquela que fala com o coração
Em qualquer situação…
Com ou sem razão!
Ela sai do conforto da sua sala de estar
Para ir ao encontro do mar…
E, quando olha o céu,
Conta as estrelas
Sonhando que, algum dia,
Estará entre elas…

A poeta é aquela pessoa ingênua
Que não vê maldade em ninguém
Acredita que todos são como ela
Incapaz de fazer mal a alguém
Crê também que, com a sua poesia,
Transformará o Mal em Bem
Que pode fazer um mundo melhor
Sem preconceitos
Sem injustiças…
Preservando os direitos
Que cada um de nós tem…
Ela ama a natureza, as flores, os animais e a paz

Mas…
A sina da poeta é ser incompreendida
É amar sem ser correspondida
É lutar arduamente
Para ser valorizada e reconhecida
É chorar em silêncio por um amor perdido
Que para sua tristeza

Não consegue mais encontrar!

 

Foto: Rosali Martins
Nair Lúcia de Britto nasceu em Joanópolis (SP). Passou toda minha infância em Santos(SP), o que talvez explique minha paixão pelo mar…
Formada em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, em 1977, em São Paulo (SP.) Seu primeiro emprego foi na revisão da Folha de São Paulo. Posteriormente Editora Nova Cultural, preparando textos de livros e revistas.
Escreveu vários textos infantis, publicados na Folhinha de S. Paulo; comentários de livros e filmes para a revista “Contigo”; e crônicas, publicadas na Folha da Tarde (SP) na coluna do jornalista Mário de Morais.
Em São Vicente (SP) foi repórter e cronista do jornal “Primeira Cidade”. Além de prosas, escreve também comentários de filmes de arte; publicados, atualmente, na revista virtual Partes.

Post Author: partes