“Segundo amor”

“SEGUNDO AMOR” Margarete Hülsendeger Afinal, a felicidade e o amor se parecem. Não se tenta ser feliz, não se decide amar. É-se feliz, ama-se. Mia Couto (A confissão da leoa) O título engana. Pelo menos a mim enganou quando li apenas a chamada da notícia. Então, se alguém pensou que se trata de uma nova […]

A genética da solidão

  A GENÉTICA DA SOLIDÃO Margarete Hülsendeger O único problema da solidão consiste em como preservá-la. Mario Quintana Gosto muito de escrever sobre pesquisas, quanto mais estranhas melhor, e se o assunto tem relação com o comportamento humano não consigo resistir. Algumas chegam a ser divertidas de tão bizarras. Outras, com o selo da ciência, […]

Quando eles são os melhores amigos

QUANDO ELES SÃO OS MELHORES AMIGOS Margarete Hülsendeger O amor é mais do que a verdade, é uma decisão. Alexandra Lucas Coelho   Apesar da existência de sites que disponibilizam espaços para relações visando apenas o sexo, chega do Canadá uma notícia positiva que me faz acreditar ser ainda possível existir relacionamentos duradouros baseados no […]

Dormir e sonhar

Margarete Hülsendeger O mundo do sonho é silencioso como o mundo submarino. Por isso é que faz bem sonhar. Mario Quintana   Há algum tempo sabe-se que a falta de sono causa uma série de efeitos prejudiciais ao corpo humano, como problemas no sistema imunológico e descontrole do peso. Os efeitos são tão severos que […]

Resistir sempre

RESISTIR SEMPRE Margarete Hülsendeger   Minha memória é composta de fragmentos de existência, estáticos e eternos: o tempo não passa entre eles, e coisas que aconteceram em épocas muito distantes entre si estão juntas, ligadas ou reunidas por estranhas antipatias e simpatias. Ernesto Sabato (2008, p. 24) No dia 30 de abril de 2011, quando […]

Criando necessidades

CRIANDO NECESSIDADES Margarete Hülsendeger   O problema do nosso tempo é que o futuro não é o que costumava ser. Paul Valéry Um restaurante pequeno, com mesas onde cabem no máximo quatro pessoas, sobre elas um arranjo floral simples, mas elegante. Em um canto pouco iluminado, um casal sorri enquanto o garçom serve a bebida. […]

Um amor suspenso

UM AMOR SUSPENSO Margarete Hülsendeger Quantas vezes a gente, em busca da ventura, Procede tal e qual o avozinho infeliz: Em vão, por toda parte, os óculos procura, Tendo-os na ponta do nariz! Mario Quintana[1] Um jovem casal em um quarto de hotel na beira da praia. Ambos são virgens e é a noite de […]

A rainha e a roleta russa

A RAINHA E A ROLETA RUSSA Margarete Hülsendeger Sabemos tantas cosas, que la aritmética es falsa, que uno más uno no siempre son uno sino dos o ninguno, nos sobra tiempo para hojear el álbum de agujeros, de ventanas cerradas, de cartas sin voz y sin perfume.[1] Julio Cortázar O País das Maravilhas não é […]

A lagarta azul

A LAGARTA AZUL Margarete Hülsendeger Estoy solo y no hay nadie en el espejo. Jorge Luis Borges Na versão de Tim Burton de “Alice no País das Maravilhas” a “Lagarta Azul” é uma sábia, dona de um oráculo que é capaz de falar sobre tudo o que já aconteceu e tudo o que irá acontecer. […]