Contos

Senhorita de vermelho

nair lúcia de britto Esta história é tão real que, se não fosse por ela, eu não estaria aqui, escrevendo… Apesar dos meus 48 anos de idade, não me considero velho. Tenho lá minhas esquisitices, uns gostos meio estranhos, alguns até ultrapassados que se chocam com os dessa juventude que aí está. Mas, e daí? É meu jeito de ser. O que é que tem? Feio? Na verdade, não sou! Se uma mulher me olhar com cuidado, desculpem-me a falta de modéstia, vai me achar simpático: estatura mediana, olhos castanhos-esverdeados, cabelos escuros. O grisalho das têmporas até que me dá um certo charme. Quando mais moço, nunca pensei em me casar. Não porque eu fosse contra o casamento; mas,...
Continue a Leitura »
Espiritualidade

Medicina e espiritualidade

nair lúcia de britto   Nos Estados Unidos o estudo da Espiritualidade é muito valorizado; não exatamente em termos religiosos, mas sim pelo interesse científico; que encontrou nesse estudo um forte aliado para descobertas incríveis. Uma delas foi a experiência vivenciada pelo médico psiquiatra Brian Weiss. Ele conta que na época não era um homem religioso e nem acreditava em reencarnação; até que conheceu uma cliente a quem ele chama por Catherine, no ano de 1980. Quando ela foi ao seu consultório pela primeira vez apresentava sérios problemas psicológicos. O médico, então, recorreu à hipnose, para fazê-la regredir até a infância, “celeiro dos maiores traumas da vida adulta”. Para sua maior surpresa, em vez de Catherine regredir até a...
Continue a Leitura »
Espiritualidade

Allan Kardec, o professor e cientista que se tornou um missionário

ALLAN KARDEC, O Professor e Cientista que se tornou um Missionário nair lúcia de britto O nome de Allan Kardec era Hippolytte Léon Denizard Rivail. Nasceu em Lyon (França) no dia 3 de outubro de 1804. Diante do talento e do amor pelos estudos, o pai de Rivail, que era um juiz, teve o cuidado de incentivá-lo a ler os autores clássicos. E tudo que o garoto aprendia tinha o prazer em repassar aos colegas. Depois de completar os primeiros estudos em Lyon, Denizard partiu para a Suíça para ingressar na escola do célebre professor Pestalozzi. Aluno disciplinado, amável e espirituoso Rivail foi convidado por Pestalozzi para substituí-lo na direção da escola, quando ele precisasse viajar. Rivail bacharelou-se em...
Continue a Leitura »
Cinema

Um conto chinês

UM CONTO CHINÊS       (Un cuento chino – Argentina – 2011)       nair lúcia de britto       A maior riqueza deste filme não está nos gastos com o orçamento, tampouco na tecnologia… mas sim, sobremaneira, no conteúdo. Originalidade, inteligência e talento não faltam ao jovem argentino Sebastian Borensztein, diretor e roteirista.       Tudo começa com uma cena patética em que Roberto (Ricardo Darin, ator argentino, em destaque) está contando parafusos, um por um; para verificar se a quantidade, da mercadoria que recebeu dos seus fornecedores, está correta.         Por trás do balcão da sua loja de ferragens, mostra-se logo um homem rude, rabujento e amargo; interessado apenas em...
Continue a Leitura »