Mulheres de vermelho

MULHERES DE VERMELHO Margarete Hülsendeger   Você não conta uma história apenas para si mesma. Sempre existe alguma outra pessoa. Mesmo quando não há ninguém. Margaret Atwood   Segundo o dicionário Houaiss distopia é “qualquer representação ou descrição de uma organização social futura caracterizada por condições de vida insuportáveis, com o objetivo de criticar tendências […]

O Deus da dor e da perda

O DEUS DA DOR E DA PERDA Margarete Hülsendeger   Eles todos logo aprenderiam muito sobre castigos. Que eles vêm em tamanhos diversos. Que alguns eram tão grandes que eram como armários com quartos embutidos. Podia-se passar a vida inteira dentro deles, vagando por estantes escuras. Arundhati Roy   Julgar uma cultura que não é […]

As duas resistências

AS DUAS RESISTÊNCIAS Margarete Hülsendeger   […] sei bem que nenhum livro jamais poderá contemplar ser humano nenhum, jamais constituirá em papel e tinta sua existência feita de sangue e de carne. Julián Fuks   Um livro pequeno. Um título que se confunde com outro título. Uma epígrafe retirada de um livro de mesmo nome. […]

Lançamento da Paulus reflete sobre cidade, cultura e espetáculo

Por Mara Rovida Ferreira “Quando, nos ambientes acadêmicos ou na mídia, o nome de Guy Debord é mencionado, normalmente ele é associado à expressão “sociedade do espetáculo”, geralmente entendida como o “inevitável domínio da mídia” na contemporaneidade ou o desejo, pretensamente natural, que as pessoas têm de “aparecer”.” Com essas palavras o organizador do livro […]

A História Vista de Baixo: a cultura popular tradicional por Edward P. Thompson

“A HISTÓRIA VISTA DE BAIXO”: A CULTURA POPULAR TRADICIONAL POR EDWARD P. THOMPSON[*] Anatália Daiane de Oliveira[†] Eva Emília Freire do Nascimento Azevedo[‡] Edson Caetano[§]   O presente texto tem como objetivo descrever e refletir sobre alguns aspectos do livro “Costumes em comum” de Edward Palmer Thompson, evidenciando suas contribuições para o debate da “história […]

Resenha do livro de Leandro Konder: O que é dialética

RESENHA DO LIVRO DE LEANDRO KONDER: O QUE É DIALÉTICA. SÃO PAULO: BRASILIENSE, 2008. Guilherme Leonardo Freitas Silva* O livro inicialmente traz a origem da dialética com berço na Grécia antiga, onde era considerada a arte do diálogo. Mais tarde, ela passou a ser considerada na arte do diálogo como um meio de argumentação por […]

Estrutura e linguagem do documentário audiovisual

Larissa Gonçalves Documentário: história e linguagem é um vídeo realizado pelo Professor Richard Romancini que tem por objetivo fazer uma breve trajetória histórica do documentário explicando as suas fases e seus procedimentos. O recorte da apresentação começa na década de 60 até chegar à era contemporânea, quando então é feito uma diferenciação dos vários tipos […]

Título de pornochanchada, reflexão sobre o preconceito

Título de pornochanchada, reflexão sobre o preconceito Juliane Santana Lopes* As aventuras amorosas de um padeiro Não se engane com o título! Não se trata de pornochanchada (embora o título seja uma alusão a ela). Dividido entre drama e comédia esse filme faz uma abordagem crítica à sociedade de classe média do Rio de Janeiro. A […]

Positivismo, historicismo e marxismo: contradições, dilemas e contribuições para as ciências sociais

LÖWY, Michael. As aventuras de Karl Marx contra o Barão de Münchhausen: marxismo e positivismo na sociologia do conhecimento. 9ª Ed. São Paulo: Cortez, 2007. 280p.   Positivismo, historicismo e marxismo: contradições, dilemas e contribuições para as ciências sociais   Antonio Gil da Costa Júnior *1 Carlos Eduardo de Mira Costa *2   Löwy inicia […]

“Enigmas da modernidade-mundo” de Octávio Ianni

Cassiano Telles[i] Cícera Andréia de Souza[ii] Resumo: Octavio Ianni nasceu em São Paulo em 1926, faleceu em 2004. É considerado, assim como Florestan Fernandes e Fernando Henrique Cardoso, um dos principais sociólogos do Brasil. Ianni foi um dos primeiros a lançar mão do método dialético para desvendar enigmas da formação histórica do Brasil e as […]