Em questão

Empoderamento Feminino: o que os indicadores não dizem

  *Por Renê Sanda e Dulcejane Vaz   Segundo os Princípios de Empoderamento das Mulheres, uma publicação conjunta da ONU Mulheres Brasil e a Rede Brasileira do Pacto Global, empoderar o contingente feminino para que elas participem integralmente de todos os setores da economia é essencial para estabelecer sociedades mais estáveis e justas; atingir os objetivos de desenvolvimento, sustentabilidade e direitos humanos internacionalmente reconhecidos; melhorar a qualidade de vida para as mulheres, homens, famílias e comunidades e, impulsionar as operações e as metas dos negócios.   As mulheres são uma grande força para a economia mundial, representam mais de 40% da mão de obra global, 43% da força de trabalho atuante e mais da metade dos estudantes universitários do mundo,...
Continue a Leitura »
Em questão

O Trânsito e as Cidades

Glavio Leal Paura* É interessante pensarmos que o trânsito nos remete diretamente às cidades e, hoje, podemos considerar que este é um dos problemas que afetam de forma direta a qualidade de vida, principalmente nos grandes centros. Mas onde está o problema? Seria o grande número de carros, pela facilidade que hoje temos em comprá-los? Seria o transporte público brasileiro deficitário, que leva as pessoas a adquirem os carros? Ou o problema do trânsito está no comportamento das pessoas que ali estão como condutores? Concordo com quem disser que todos os pontos mencionados são problemas pertinentes ao nosso trânsito. Hoje, porém, muitos concordarão que se o comportamento de quem conduz o veículo fosse diferente, muitos acidentes poderiam facilmente serem...
Continue a Leitura »
Sindical

O colchão social

Por João Guilherme Vargas Netto Alguns otimistas mal intencionados garantem que a recessão ficou para trás e que de agora em diante a economia vai melhorar. Fiapos de dados estatísticos são convocados para sustentar tal tese, mas ela não deixa de ser o que é, uma piedosa, hipócrita e confusa intenção. Os tempos serão duros e a realidade do desemprego dramática. Na sexta-feira, dia 27, o jornal O Globo publicou o mapa do desemprego, produzido por seu Núcleo de Dados, em matéria assinada por Fábio Vasconcelos e ilustrada com mapa do Brasil sarapintado com o retrato dos municípios conforme criavam vagas em 2014 e passaram a perdê-las em 2015, perderam vagas em 2014 e 2015, perderam vagas em 2015 e...
Continue a Leitura »
Colunistas

Condutopatia, um grave problema de ordem social

CONDUTOPATIA, UM GRAVE PROBLEMA DE ORDEM SOCIAL Nair Lúcia de Britto O termo “Condutopatia” foi criado pelo psiquiatra forense Guido Arturo Palomba, referência na Psiquiatria Forence; e que há mais de quarenta anos se dedica a definir os perfis psicológicos de criminosos. A diferença que existe entre o psicopata e o condutopata é que o psicopata não tem a mínima empatia com as outras pessoas. Enquanto que o condutopata vive no meio social, ama e é amado, estuda e leva uma vida normal enquanto ceifa a vida do seu próximo; explica o psiquiatra. E considere-se como “próximo” os pais, os filhos, parentes, amigos e demais pessoas com quem ele convive. Apesar de ter um comportamento aparentemente normal, o condutopata...
Continue a Leitura »
Em questão

Feminismo

Por J. N. Feminismo é um movimento político, filosófico e social que defende a igualdade de direitos entre homens e mulheres. Igualdade I G U A L D A D E Não mais Não menos A deficiência no entendimento no conceito dessa palavra é o que impede milhares de mulheres, todos os dias, de terem seus direito políticos, econômicos e sociais garantidos. Então se você, mulher, que está cansada de ser assediada escutar que não é capaz escutar que não é tão forte como homem escutar “para de mimimi” achar que não consegue tentar se encaixar nos padrões não ter confiança ter que ouvir “mas com essa roupa ela pediu” ser representada como objeto para vender ouvir “ignora que...
Continue a Leitura »
Educação

Homeschooling

Audry Lara Science Castello Branco* Que tal propiciar ao seu filho uma alternativa de ensino diferenciada, que privilegia a mobilidade geográfica dos pais; que flexibiliza os horários e rotina da criança; cujo o ensino é adaptado ao desenvolvimento particular da criança; que preserva os valores morais, culturais, religiosos e ideológicos da família e inibe o contato das crianças com alguns elementos do ambiente escolar, evitando diversas situações impróprias, como o bullying? Essas são algumas das motivações comuns que caracterizam a escolha do homeschooling. O conceito de homeschooling é caracterizado pela proposta de ensino doméstico ou domiciliar. Sua proposta vem de encontro à frequência das crianças numa instituição, seja ela escola pública, privada ou cooperativa. A modalidade é legalizada em vários países, como Estados Unidos,...
Continue a Leitura »
Crônicas

Em defesa do atleta João Paulo do Nascimento

EM DEFESA DO ATLETA PARALÍMPICO JOÃO PAULO DO NASCIMENTO Nair Lúcia de Britto Segundo notícias do site do Uol, a queda de sua cadeira de rodas, do atleta paralímpico João Paulo Nascimento, na passagem da tocha olímpica, em Anápolis, no dia 4 de maio de 2016, foi muito mal interpretada por internautas que o acusaram injustamente de falso cadeirante. A atleta do halterofilismo Marcia Menezes defendeu o companheiro. “Só quem tem mais contato com o esporte paralímpico sabe dos inúmeros tipos de deficiência que não impedem que sejam ativos.” No caso da atleta, por exemplo, ela tem sequela de poliomilite na perna direita, e se tivesse caído teria o mesmo reflexo de se reerguer sozinha, como fez João Paulo...
Continue a Leitura »
Em questão

O que será o amanhã? Responda quem puder!

O QUE SERÁ O AMANHÃ? RESPONDA QUEM PUDER! Davys Sleman de Negreiros             Independente de que lado você esteja nesse momento, se é que agora tenhamos algum lado, temos que concordar que a política contemporânea – ampliada, alargada e predominantemente realizada enquanto hegemonia exige – importante momento/movimento de realização pública. A política, antes centralmente segredo, exclusão e violência, passou a ser, de modo significativo uma atividade pública, uma luta pública no campo de forças que são os meios de comunicação, uma busca pública de aglutinação e ampliação de poder em meio às contradições e conflitos que marcam a vida sócio-midiática.             A contaminação da política pela comunicação não se esgota no deslocamento do poder ocasional de temas/atores/cenários. A questão...
Continue a Leitura »
Em questão

Um golpe parlamentar e a volta reacionária da religião, da família, de Deus e contra a corrupção

Leonardo Boff Adital Observando o comportamento dos parlamentares nos três dias em que discutiram a admissibilidade do impedimento da presidenta Dilma Rousseff parecia-nos ver criançolas se divertindo num jardim da infância. Gritarias por todo canto. Coros recitando seus mantras contra ou a favor do impedimento. Alguns vinham fantasiados com os símbolos de suas causas. Pessoas vestidas com a bandeira nacional como se estivessem num dia de carnaval. Placas com seus slogans repetitivos. Enfim, um espetáculo indigno de pessoas decentes de quem se esperaria um mínimo de seriedade. Chegou-se a fazer até um bolão de apostas como se fora um jogo do bicho ou de futebol. Mas o que mais causou estranheza foi a figura do presidente da Câmara que...
Continue a Leitura »
Em questão

Diálogo e serenidade para avançar

Clovis Nascimento   O país vive um momento profundo de polarização e acirramento de ódio. Estas narrativas e violências simbólicas e físicas estão dilacerando as relações sociais. Estamos perdendo nossa capacidade de diálogo e de compreensão do outro. Nos falta alteridade, principalmente no sentido de cidadania coletiva. Nos falta fraternidade na discordância durante o saudável debate político. Sobram maniqueísmos e autoritarismos. O pulso de leitura de informações, dos fatos e da própria realidade é contaminado pela passionalidade. E as paixões podem cegar a possibilidade de diálogo. Independentemente de filiação partidária ou voto nas últimas eleições, nós, brasileiras e brasileiros, precisamos de tranquilidade para analisar a atual crise política.   O olhar para o outro como inimigo está dilacerando o...
Continue a Leitura »
Em questão

Câncer: a difícil tarefa de contabilizar as perdas e a sabedoria de reconhecer os ganhos

*Por Letícia Sauthier Medeiros “O câncer me tirou tudo!” Não raras vezes escutamos frases assim de pacientes e familiares cuja vida foi atingida por essa cruel enfermidade. De fato, enfrentar o câncer, assim como outras doenças graves, é uma árdua batalha. Mais do que expressar um pensamento, trago neste texto um breve relato do que minha família viveu no ano passado, quando nos deparamos com o diagnóstico dado ao meu pai: câncer no esôfago. Realmente as “perdas” já começam com a chegada da notícia. Perda de rumo, de certezas e convicções. Surgem os medos e inseguranças, conflitos e questionamentos. A vida passa depressa na cabeça, como um filme. Começa então uma rotina de exames, de idas e vindas a...
Continue a Leitura »
Cidadania

Casais de segunda união não devem ser excomungados, mas integrados na Igreja

*Rodrigo Luiz dos Santos   O Papa Francisco afirma que os casais de segunda união “não foram excomungados: não são excomungados!”. Ele defende que estas pessoas fazem sempre parte da Igreja, mas explica que a realidade delas contradiz o sacramento cristão. A orientação é “integrar” famílias feridas e recasadas na vida da Igreja. Por isso, pede que as comunidades sejam acolhedoras e ajudem os recasados a se integrarem na vida cristã. Durante o voo de retorno da viagem ao México, em fevereiro, a jornalista Anne Thompson, da Nbc News questionou o Papa. A norte-americana queria entender a misericórdia apresentada pela Igreja, já que perdoa com mais facilidade um assassino do que a uma pessoa divorciada que volta a se...
Continue a Leitura »
Em questão

Boatos na Internet

Recentemente um caso que chocou e chamou muita atenção nas redes sociais foi o de um golfinho que morrera por ter sido retirado do mar para que turistas tirassem selfies. O que muitos não sabem é que não passa de um simples boato, sendo que na verdade o golfinho já estava morto e as pessoas estavam tentando ajudá-lo (claro que alguns estavam se aproveitando da situação para registrar o momento com o animal, mesmo que morto). Esse é um dos exemplos de boatos que rodam diariamente pelas redes, principalmente com temas de política,religião e sobre saúde. Um ótimo site para tirar dúvidas se uma notícia é boato ou não, é o http://www.boatos.org que diariamente tenta esclarecer os boatos por...
Continue a Leitura »
Alimentação

Dia Nacional da Saúde e Nutrição

 * Michele Barros Em 31 de março é comemorado o Dia Nacional da Saúde e Nutrição e  vale a pena lembrar que as práticas de alimentação saudável são muito importantes para a saúde.   Uma pesquisa do Ministério da Saúde revelou que a cada ano, cresce em 1,5% o número de pessoas acima do peso no país e que 52,1% da população masculina e 44,3% da feminina estão com o Índice de Massa Corporal (IMC) acima da média. Ou seja, praticamente metade da população está acima do peso ideal. Existe um remédio para isso? Hipócrates, considerado o “Pai” da Medicina tem uma frase que pode ajudar a responder esta pergunta: “Que seu remédio seja seu alimento e que seu...
Continue a Leitura »
Em questão

A instituição da Festa da Misericórdia

*Padre João Marcos Polak   Santa Faustina Kowalska, uma religiosa que teve revelações de Nosso Senhor a respeito da Divina Misericórdia, foi escolhida para ser a propagadora da devoção que chegaria ao mundo todo e transformaria muitos corações. Em seu diário, Santa Faustina relata o momento em que Jesus lhe pediu a instituição da festa da Sua Misericórdia: “A Minha imagem já está na tua alma. Eu desejo que haja a Festa da Misericórdia. Quero que essa Imagem, que pintarás com o pincel, seja benzida solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa, e esse domingo deve ser a Festa da Misericórdia.” (Diário 49).   Jesus apareceu a irmã Faustina numa cela de um convento da Polônia e lhe recomendou:...
Continue a Leitura »
Em questão

Páscoa é vida que recebo e ofereço

* Padre Marcio Prado A Páscoa é uma festa universal que todos, de alguma maneira, já ouviram falar. Mas é sempre bom esclarecer que a Páscoa, antes de tudo é uma festa judaica e cristã. Dos judeus porque os hebreus eram escravos dos egípcios e Deus se revelou a Moisés e o chamou para libertar este povo. Moisés com suas limitações e sem um exército, mas em nome Deus e juntamente com seu irmão, Aarão, pediu insistentemente ao faraó a liberdade do povo de Deus. Por meio de Moisés, Deus realizou grandes sinais na água, no céu, através de pragas como gafanhotos, rãs e moscas, no entanto, o coração do faraó permanecia endurecido e o povo oprimido, sofria ainda...
Continue a Leitura »
democracia

Reflexões à respeito das generalizações sobre a corrupção – ou “o buraco é mais em baixo”

REFLEXÕES À RESPEITO DAS GENERALIZAÇÕES SOBRE A CORRUPÇÃO – ou “o buraco é mais em baixo” (W.J.Gerab -21/03/16) À PROPÓSITO DOS COMENTÁRIOS CIRCULANTES DE QUE A CORRUPÇÃO ESTÁ ESPALHADA EM TODA A POPULAÇÃO, O QUE PODE LEVAR À BANALIZAÇÃO DOS CRIMES MAIS GRAVES. No “Auto da Compadecida”, Suassuna concede, via Virgem Santíssima e seu filho, a absolvição eterna a Lampião, “Rei do cangaço”, apesar das suas atrocidades, por ter enlouquecido na infância, ao ver sua família dizimada (com requintes de crueldade), pelos jagunços de um coronel, interessado nas terras dessa família. Suassuna, apenas repassa um conceito precário de justiça, muito enraizado na cultura de muitos povos, no qual, se for em retribuição, injustiça, autoritarismo e violência se justificam e...
Continue a Leitura »
Em questão

Você é Feliz?

Luciene Maura Mascarini Serra No dia 20 de março comemoramos o Dia Internacional da Felicidade (International Day of Happiness). Este dia tem como principal objetivo fazer com que as pessoas percebam a importância de ser feliz para poder conviver em paz, lembrando aos povos do mundo que evitem guerras sociais e conflitos, diferenças étnicas ou comportamentos adversos que comprometam a paz e o bem estar das pessoas. Todos nós, em maior ou menor grau queremos e buscamos a felicidade. Nos últimos anos a busca pela felicidade pode ser observada no aumento de artigos científicos sobre o tema, contribuindo para discutir o campo da Ciência Hedônica, que é o estudo científico da Felicidade. A ONU (Organização das Nações Unidas) instituiu...
Continue a Leitura »
Em questão

Identificação do eleitor e legitimidade da Eleição

*Por Diego Leão Diniz A eleição é um dos mais importantes eventos da cidadania: por ela a vontade do povo se manifesta de acordo com as regras impostas pela Lei, que, quando seguidas, garantem não só a votação, mas também seus resultados como sendo legítimos. A legitimidade das eleições é resultado de um processo aceito como justo pela sociedade e isso envolve uma série de medidas, como o combate à compra de votos e ao abuso do poder econômico, mas também em se assegurar o exercício do voto. A lei garante que o voto seja livre e autônomo, com o fim de permitir que o eleitor faça suas escolhas na urna de acordo com a própria consciência, optando pelo...
Continue a Leitura »
Em questão

A violência das guerras e a importância de se contar estórias

Daniel Medeiros* A primeira guerra mundial foi há cem anos. Começou em 1914 e encerrou-se em 1918. “Encerrou-se” no sentido de concluir um ciclo de tempo contínuo pois que, como sabemos, o ano de  1914 foi o pontapé de um processo de violência entre nações que só esgotou  suas energias no final do século XX, embora não se possa ser totalmente otimista essa afirmação. Muito se falou sobre as decorrências da Guerra: falta de propósitos claros, dos milhões de mortos, feridos, da ascensão econômica dos EUA, da frustração e ódio na Alemanha, germe do nazismo, do inicio do desequilíbrio político no Oriente Médio, etc. Gostaria de falar de um outro fenômeno da guerra, lembrado pela primeira vez pelo pensador...
Continue a Leitura »