coach

Educador físico: referência positiva ou negativa?

Educador físico: referência positiva ou negativa?  Cristiano Parente* Durante muitos anos, a educação física, sempre dita como importante e essencial na vida das pessoas, olhou para o próprio umbigo e não fez jus ao seu papel enquanto profissão. Quem atua nessa área quer ser valorizado, respeitado, considerado elemento essencial na vida das pessoas. Mais do que isso, os educadores físicos desejam ser parte obrigatória da grade curricular escolar, mas apenas pelo grito e ego profissional. Porém, ao observar o serviço prestado pela maioria, notamos algo totalmente incompatível com o discurso e com a vontade do que se quer com aquilo que, de fato, as pessoas pensam sobre os profissionais. Esse contexto se dá desde a porta de entrada para a profissão. O vestibular que garante a graduação na educação física possui nota de corte abaixo de muitas outras áreas. O estudante que presta vestibular para esta profissão, geralmente, não é...
Continue a Leitura »
esportes

Vida mais ativa será legado do ano olímpico

(*) Cristiano Parente Ao se falar em legado deixado na realização de uma Copa do Mundo, como foi em 2014, ou de uma Olimpíada, como a que estamos prestes a vivenciar, logo se pensa em obras e melhorias de infraestrutura construídas pelas regiões por onde passam as competições. O que pouco se discute, entretanto, é a amplitude de benefício que eventos esportivos dessa magnitude podem trazer ao país, inclusive no que diz respeito à educação e capacitação profissional. O esporte, enquanto instituição, apresenta diversas faces, que muitas vezes são interpretadas de maneira errada, inclusive por profissionais da área. Há a face do negócio, da profissão – ou melhor, profissões -, existe a face do show e do entretenimento, bem...
Continue a Leitura »
esportes

Promessas de ano novo: agora vai?

Cristiano Parente *   Festas de fim de ano, ano novo, verão, carnaval… São várias as justificativas encontradas nessa época do ano para começar ou ingressar em um programa de atividades físicas ou em uma academia. Ao olhar com profundidade e analisar cuidadosamente cada um desses “motivos”, porém, é possível perceber que todos eles já são usados por décadas com a ideia de serem “o estímulo que se precisa para começar a se mexer, a fazer alguma atividade física”. Ano após ano, também, tais motivações não passam de um estímulo sazonal. Verdadeiramente, não são fortes o suficiente para fazer com que essas pessoas mudem de vez seus hábitos e insiram definitivamente a atividade física na rotina. São raras as...
Continue a Leitura »
esportes

Vôlei Brasileiro: um exemplo no esporte

*Ronê Paiano No último domingo a seleção brasileira de voleibol encerrou a sua participação no Campeonato Mundial da Polônia como um honroso vice-campeão mundial ao perder por 3×1 para a excelente seleção da casa que jogou apoiada por cerca de 20.000 fanáticos torcedores.   Comissão técnica e jogadores merecem ter seu trabalho e empenho reconhecidos, pois a disputa este ano envolveu 21 dias de torneio e 13 jogos até se chegar a final; e principalmente porque no último jogo da fase de classificação três jogadores saíram machucados (além do levantador Bruno). O que nos fez jogar a terceira fase, a semi final e a final com alguns jogadores, em especial o Murilo, em condições não tão favoráveis.   A...
Continue a Leitura »
atletismo

Seleção Brasileira alcança 13 pódios no primeiro dia e lidera Ibero-Americano

Juliana de Paula Gomes dos Santos deu ouro ao Brasil nos 3.000 m (Fernanda Paradizo/CBAt) São Paulo – O Brasil lidera o quadro de medalhas do 16º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, que começou ontem e termina amanhã dia 3, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. Depois das 12 finais disputadas na sexta-feira, a Seleção nacional deu um passo importante na busca do oitavo título por equipes da competição. Os brasileiros têm cinco medalhas de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. A Espanha ocupa o segundo lugar, com duas medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze. Em terceiro está o Peru, com uma de ouro, uma de prata e duas...
Continue a Leitura »
esportes

Cantinho de Saudades

    Por Roberto Nappi Hoje o nosso cantinho de saudades, homenageia um dos maiores jogador do Brasil, estamos falando de OBERDAN CATANNI o grande ídolo do Palestra Itália, e Sociedade Esportiva Palmeiras mudança de nome ocorrida em 1942, foi uma honra e privilegio quem o viu jogar, orgulho e respeito de quem não o viu. Oberdan oriundo de Sorocaba defendeu por muitos anos o Palmeiras ganhando muitos títulos pela sua agremiação, teve uma rápida passagem pelo Juventus antes de encerrar sua carreira, faleceu dia 20/06/2014 aos 95anos exatamente quando disputa-se a copa do mundo em nosso pais. Nós Ypiranguistas estamos bastante à vontade para enaltecer todas as qualidades de Oberdan, pois ele considerava o Clube Atlético como sua...
Continue a Leitura »
Colunistas

Sábios são aqueles que observam suas falhas

Por Gilberto da Silva Fora dos gramados o Brasil ganhou a Copa. Mas lá, entre as linhas que desenham o espaço necessário para o show, para a demonstração de garra, superioridade nos pés e nas pernas, a seleção canarinha ficou a dever. O que comentar sobre os dois últimos jogos da nossa seleção, senão enumerar uma constelação de erros, apatia e ineficiência futebolística? No ritmo final que nos encontrávamos perderíamos até para a bela surpresa costa riquense. Imagino um escrete com jogadores brasileiros que personifiquem Neuer, Mascherano, Robben, Benzema, Vlaar, Kroos, James Rodrigues entre outros misturados com o que podemos ter: Neymar, Oscar, Thiago Silva e David Luiz. O bom da derrota é todos os que ainda não entendiam...
Continue a Leitura »
Copa 2014

Isso é futebol

Mara Rovida* É “bonito” ver algumas pessoas descobrindo o futebol. A Copa do Mundo tem isso de “bom”. A confusão de sentimentos que beira a insanidade – ora somos sonhadores, ora somos apenas realistas – tão conhecida dos boleiros e torcedores semi-fanáticos agora toma por completo gente que nunca foi a um estádio, nunca vibrou com um gol espírita, nunca viu seu inabalável time perder para um clube do interior. Depois do vexame em rede internacional, há os que atestam de boca cheia “essa seleção nunca poderia”. Há os que se dizem surpresos “achei que passaríamos, que ganharíamos”. Mas, o que alguns não entenderam ainda é que qualquer uma dessas expectativas poderia ser contemplada no final. Eu vi um...
Continue a Leitura »
Copa 2014

A alma de Barbosa agora descansa em paz

Por Gilberto da Silva A alma de Barbosa foi lavada. Neste dia 8 de julho traumático e insuportavelmente inesquecível, uma derrota, um vexame, sepulta de vez o fantasma do ex-goleiro. Se ele, no longínquo Maracanã de 1950, ficou condenado por um erro e carregou este fardo durante sua vida. Agora, só lembraremos – e com uma vergonha maior – do dia em que não jogamos nada diante de um escrete alemão afinado – com uma calma impressionante – dando um baile nos desorientados garotos do Felipão. Se antes perguntávamos onde estava o Fred, términos aos 90 minutos questionando: onde estava nosso escrete! Perder faz parte do espetáculo, mas perder de 7 a 1 numa semifinal de mundial em sua...
Continue a Leitura »
Copa 2014

Os chorões ultrapassaram o quinto degrau

Por Gilberto da Silva Durante a semana o que vimos e ouvimos dos catedráticos dos gramados era um sinfonia de condenação ao choro dos moleques canarinhos. Ah! Esta seleção está tudo errada, sem controle… Se não fosse a época do politicamente correto que estamos vivendo ouviríamos, com certeza: “futebol é coisa de macho e estes não choram.” E a sinfonia dos corvos, dos abutres gritando: “da Colômbia não passarás….” Mas vamos ao jogo: A seleção canarinha entrou ligada no jogo e fez um primeiro tempo jogando compacto, soberbo. Um primeiro tempo espetacular. O Brasil entrou em campo com duas mudanças em relação ao time que despachou o Chile nas oitavas de final. O volante Luiz Gustavo, suspenso, deu lugar...
Continue a Leitura »
Coaching

Thiago Silva: um golaço sobre liderança!

Por Alexandre Prates* Especialmente depois do jogo contra o Chile, muitos colocaram em cheque a liderança do capitão da Seleção Brasileira, Thiago Silva. Alguns disseram que ele travou, outros que ele se acovardou diante das dificuldades, enfim, criticaram forte o seu comportamento. A pergunta que fica é: quem está questionando a sua liderança? A imprensa, os torcedores, os comentaristas, os narradores… Sinceramente, não são questionamentos válidos. Não tenho visto os seus colegas de seleção, a comissão técnica e nem o Felipão questionando a liderança do capitão. E é isso o que importa! E por que não estão questionando? Pelo simples fato de que ele não teve nenhum comportamento que denegrisse o seu posicionamento de líder. Você pode até interpretar...
Continue a Leitura »
Copa 2014

Que sufoco! Que sorte!

Por Gilberto da Silva Antes do jogo, não sós as demais seleções rivais, como a imprensa internacional e, pasmem, setores da nossa imprensa tupiniquim– que absurdo! – insinuaram que nossa equipe estava sendo ajudada pelos juízes. Que a Copa estava comprada! Mas o que vimos em campo foi um árbitro que apitou para impedir a vitória da seleção brasileira. Copa comprada? Se for assim estamos pagando muito caro. Um pênalti claro em cima do Hulk. Depois um gol legítimo do Hulk anulado pelo juiz inglês. Uma falta do defensor do Chile que tirou a cabeçada do Neymar com a mão. A inversão do juiz em várias faltas, além de não punir severamente os jogadores do Chile que estavam batendo...
Continue a Leitura »
Copa 2014

Vencido o terceiro degrau

Por Gilberto da Silva A Copa não está fácil para ninguém. Até a noite desta segunda, 23, vimos muito time bom indo embora mais cedo para casa. A Inglaterra foi tomar chá da tarde mais cedo do que pensava. No seu lugar, quem diria, a desacreditada e candidata a saco de pancadas, Costa Rica vai para as oitavas. A Espanha furiosamente acabou comendo paella. Do lado de fora, o espírito da Copa já havia dominado as relações, Aqui ou ali uns abutres ainda teimam em oferecer carne podre aos convidados. Há sempre um há, um ui, um gemido, um suspiro…. Mas passado os dias, resolvemos acolher a Seleção e não ficar com sentimento de vira latas. Nem todos os...
Continue a Leitura »
Copa 2014

Os cinco gols da copa do mundo!

*por Adriano Gonçalves Jogaço! Desta forma podemos definir o duelo na Copa do mundo no Brasil entre a última campeã (Espanha) e a vice-campeã (Holanda). Quem abriu foi a campeã com Xabi Alonso com cobrança de pênalti indefensável. Mas a Holanda correu atrás e fez honra a seu apelido “Laranja mecânica” – Van Persie encobriu Casillas de cabeça após passe de Blind. Esse foi o primeiro tempo. No segundo tempo, foi a vez de Robben marcar mais dois gols e Vrij deixar o seu registrado de cabeça sem contar o gol de bandeja que Casillas deu a Van Persie. Cinco gols da Holanda! Mas, acredito que outros cinco gols precisam ser tão comemorados tal qual os da Holanda, gols...
Continue a Leitura »
Colunistas

No meio do caminho, uma muralha

Por Gilberto da Silva Desde a estreia contra a Croácia a animação era grande. Os catedráticos decretaram que o jogo mais difícil já tinha ocorrido. Com o México seria barbada! A festa da vitória já estava preparada. Mas o que vimos em campo foi um escrete de mexicanos aguerridos, mas sem pontaria, para a nossa felicidade. Eles tinham uma muralha no gol. Ochoa, o goleiro deles foi considerado o melhor da partida. E com razão! Mas o resto do time mexicano também primou pela marcação forte. Hulk, o ponteiro popozudo, lesionado, deu lugar a Ramires e este não entrou bem, não apareceu, não atacou, não marcou e ainda por cima levou um cartão amarelo. Oscar, o nosso craque da...
Continue a Leitura »
esportes

O primeiro degrau foi vencido

Por Gilberto da Silva O quadro já estava montado. Faltava a pintura final. Nas ruas o clima já estava dado desde a manhã. Bandeiras e buzinas, carros, casas e pessoas prontas para a primeira batalha entre as sete necessárias para o Brasil sagra-se campeão da Copa do Mundo de 2014. Os “baluartes da democracia” vestidos de preto trataram de em várias regiões deixar a sua marca. Em Belo Horizonte, por exemplo, atacaram o único cinema de rua da capital mineira: um patrimônio da cultura, recentemente restaurado. Onde  estão os verdadeiros democratas do pais? Por conta de derrubar uma presidenta vão continuar apoiando essas “manifestações democráticas”? Mas voltemos ao futebol….  A Arena de Itaquera estava linda. Alguns incautos logo detonaram...
Continue a Leitura »
esportes

Orgulho que nem todos podem ter

 Por Gilberto da Silva  Chegar aos 102 anos com vigor e repleto de glórias não é para qualquer um Uma história que começou num pequeno anúncio de jornal Do encontro marcado para o dia 14 de abril de 1912, às 20 horas na sede do Grêmio Concórdia, na cidade de Santos, no litoral paulista, surgiu um time que parou uma guerra e fascinou e fascina várias gerações, desde então. Naquela noite foi criado o Santos Foot Ball Club: “Para se tratar de fundação de um clube de futebol, queira V. S. comparecer, no dia 12, às 20 horas, ao salão do Clube Concórdia, à Rua do Rosário, n. 10, Santos, 5 de abril de 1012.” A mensagem foi enviada...
Continue a Leitura »
esportes

Barbosa, a dor e a condenação perpétua

      O ex-goleiro Barbosa, vicecampeão mundial em evento em sua homenagem no CAY, São Paulo     Por Gilberto da Silva   A Copa do Mundo de 1950 foi disputada em um momento conturbado. A Segunda Guerra Mundial mal havia acabado e a Europa estava sendo reconstruída e as nações europeias estavam devastadas e  continuavam preocupadas na recuperação causada pelo conflito. As duas grandes potências, Estados Unidos e a União Soviética, lutavam para expandir seus domínios, criando uma tensão que ficou conhecida nas décadas seguintes como a Guerra Fria. No Brasil, o governo do presidente Eurico Gaspar Dutra chegava ao fim, e novas eleições estavam marcadas para o dia 3 de outubro. O assunto agitava rádio, jornais e até as...
Continue a Leitura »
esportes

Do Ypiranga ao sucesso

Por Roberto Nappi No dia 20 de fevereiro, Mário Travaglini, um dos mais bem sucedidos e talentosos técnicos do futebol brasileiro, faleceu, vitima de um tumor cerebral. Nascido em 30 de abril de 1932, foi no gramado do CAY que o jovem iniciou sua carreira. No clube, ele chegou em 1947 por intermédio de Francisco Minelli – que era olheiro do Ypiranga e, na ocasião, trouxe ainda seu filho Rubens Minelli (que, coincidentemente, também veio a obter sucesso como treinador). Os dois jogadores foram lancados no time infantil do ‘Vovô da Colina’, através dos Diretores de Futebol, Carlos Paeta, Ferraioli e Natal Saliba. Logo, a dupla se projetou para o time principal, com uma particularidade: Travaglini era centroavante, mas...
Continue a Leitura »
esportes

Ministro dos Esportes lança em Foz primeiro centro de excelência de futebol feminino do Brasil

Aldo Rebelo disse que projetos de infraestrutura esportiva credenciam a cidade para receber delegações não apenas da Copa do Mundo, mas também durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.   O Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu, vai abrigar o primeiro centro de excelência do futebol feminino do Brasil. O lançamento da pedra fundamental do projeto foi feito nesta quarta-feira (19) pelo ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, e pelo presidente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI), Juan Carlos Sotuyo. A diretora financeira executiva de Itaipu, Margaret Groff, representou o diretor-geral brasileiro, Jorge Samek, na solenidade. Também participaram da cerimônia a diretora de futebol feminino do Ministério dos Esportes, Mariléia dos Santos, conhecida como Michael...
Continue a Leitura »
12