A participação do Batalhão do Exército de Apucarana na repressão militar entre os anos de 1968 e 1979

Por Roberto Carlos Simões Galvão www.partes.com.br/politica/robertosimoes/apucarana.asp   Entre os anos de 1964 e 1985 o Brasil esteve sob a intervenção militar instaurada com o Golpe de 31 de março de 1964. Nesse período a quebra do Estado de Direito, a perseguição e o extermínio dos opositores do regime, tornaram-se práticas frequentes no país. Inúmeros cidadãos […]

Considerações sobre a democracia brasileira pós-1985

Por Roberto Carlos Simões Galvão] publicado em 29/09/2005 <www.partes.com.br/politica/robertosimoes/consideracoes.asp> ABSTRACT The military dictatorship in Brazil lasted 21 years (1964-1985). Currently, even living under a regimen as democratic, we have in the country an unjust, authoritarian and corrupt State. Brazil continues facing a serious and constant social and economic crisis. Considering that there is not a […]

O fortalecimento do poder local nas eleições

Por Julio Cesar Sacramento Revista Partes – Ano V – março de 2005 – nº 55 como <www.partes.com.br//politica/jcsacramento/poder_local.asp Revelando-se muito mais dinâmica do que apenas uma simples disputa pelos rearranjos nos projetos de gerenciamentos das cidades, as eleições municipais em 2004 apontaram para cenários que indicam uma preocupação de candidatos e direções partidárias com o […]

Salário mínimo: enfim um pouco de bondade

Salário mínimo: enfim um pouco de bondade Por Claudio Salvadori Dedecca   Em abril e maio de 2004, a discussão sobre o salário mínimo se transformou em uma verdadeira loteria de números lançados pelo Governo Federal. Inicialmente, ele afirmava que qualquer elevação de seu valor para além dos R$ 256,00 exigiria um gasto de adicional […]

O Tribunal Penal Internacional

Por Ricardo Ribeiro Velloso   A criação de tribunais para julgar ações que afetam a humanidade como um todo, já vem se tornando uma constante desde a Segunda Guerra Mundial e do Tribunal de Nuremberg, mesmo que esses atos sejam praticados por nacionais, dentro do território de seus países. Dentro desse espírito foi criado em […]

Direitos individuais versus crime e impunidade

Por Emerson Souza Gomes Revista Partes – Ano V – novembro de 2004 – nº 51 Tem se propagado a falsa crença de que o cidadão deve abdicar de direitos e garantias fundamentais estatuídos na Constituição Federal como intangíveis, para que se possa minorar a impunidade e a insegurança pública. Deveras, a ordem social vê-se […]

Advocacia, ética e cidadania

Por Emerson Souza Gomes Revista Partes – Ano IV – setembro de 2004 – nº49 A Constituição impõe ao advogado o dever de auxiliar na administração da Justiça. Desta forma, a advocacia, mais do que meio de fomento à Justiça e esteio da Cidadania, apresenta-se com instituição basilar imprescindível aos fins do Poder Judiciário: A […]

Mídia e Política: a metamorfose do poder

Mídia e Política: a metamorfose do poder por Davys Sleman de Negreiros Revista Partes ano II fevereiro de 2003 n.30 www.partes.com.br/ed30/reflexao.asp   Resumo: Nada, portanto, é mais revelador do fato de a mídia não ser apenas um poder auxiliar, conforme pensa quem a chama de quarto poder. Pelo contrário, a mídia não age apenas como […]

Projetos comunitários estão melhorando a qualidade de vida de trabalhadores e famílias no Rio Grande do Norte.

Renda Familiar melhora com Projetos Comunitários Projetos comunitários estão melhorando a qualidade de vida de trabalhadores e famílias no Rio Grande do Norte.  São iniciativas que nascem nas comunidades onde o desemprego, a falta d’água e a falta de apoio a pequenas atividades de produção ameaçam a sobrevivência das pessoas, sobretudo, no campo. A Igreja […]

Vlado – Herzog, 25 anos de um assassinato

O Sindicato recebeu e encaminhou à Auditoria Militar um documento, datado de 6 de janeiro, em que os jornalistas apontam uma série de fatos ainda não esclarecidos em relação às circunstâncias da morte de Vladimir Herzog, ocorrida no dia 25 de outubro de 1975, nas dependências do DOI, em São Paulo.

O abaixo assinado foi entregue à Justiça com 467 assinaturas e, desde então, recebeu novas adesões em outras capitais e já continha até o fechamento deste número de Unidade, 1004 nomes de jornalistas.