Velhice e Cidadania

  Fátima Teixeira   “Os anos de vida que tem, que resta para aquela pessoa, a pessoa tem que aproveitar, cada minuto, como se aquele fosse o último da vida”…(Antonia, integrante de Grupo de Terceira Idade) De uma maneira geral, quando um determinado grupo social quer se fazer ouvir é necessário criar um fato, um evento […]

Envelhecer com qualidade

por Fatima Teixeira Simone de Beauvoir em seu livro “A Velhice” escreve: ” Morrer prematuramente ou envelhecer: não há outra alternativa”… (1990:347)   O envelhecimento é um processo natural e inevitável, sendo assim, a velhice é uma fase que, como a infância, a adolescência e a juventude, faz parte do ciclo biológico e natural da […]

Laços que unem

Fátima Teixeira “Os anos de vida que tem, que resta para aquela pessoa, a pessoa tem que aproveitar, cada minuto, como se aquele fosse o último…” (Antonia, integrante de grupo de Terceira Idade)   O tema envelhecimento vem ganhando destaque em diversos setores da sociedade, na medida em que o número de idosos vem aumentando […]

Liberdade para voar

Fátima Teixeira Era uma vez… um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Encontrou uma águia e colocou-a no galinheiro junto às galinhas, dando-lhe a mesma ração que oferecia a elas. Passados cinco anos, o camponês recebeu a visita de um naturalista que, ao ver a águia […]

Velhice e Solidariedade

Fátima Teixeira “Não me deitem à margem, não me deitem à margem, senão quando quiser visitar os amigos terei que ir ao cemitério”. (Alencar, personagem da minissérie “Os Maias” de Eça de Queiroz) Existem várias formas das pessoas manifestarem suas ideias a respeito da velhice, que se refletem nas atitudes e reações frente as diferentes […]

Restaurando a dignidade no envelhecimento

Fátima Teixeira Leliane Melro   Em trabalho publicado em setembro de 1997, em conclusão ao estudo que realizamos na Prefeitura de São Paulo apontamos alguns aspectos que merecem ser destacados devido a sua relevância dentro do processo vivenciado nos grupos que trabalhamos. O aumento da participação dos homens nos grupos indica a gradativa conquista por partes […]

Restaurando a dignidade no envelhecimento

A partir de inúmeras constatações podemos confirmar que é necessário tanto à sociedade quanto à família lançarem um novo olhar para o idoso. A sociedade, porque precisa assegurar-lhe os direitos sociais que garantam a satisfação de suas necessidades fundamentais como saúde, alimentação, segurança, transporte e lazer, bem como conceder uma aposentadoria digna para que ele não tenha a impressão de viver da benevolência dos outros. A família para tratá-lo com respeito, compreensão, carinho e sentir-se acolhido, amado e exercer seu papel sóciocultural.