spacer

ISSN 1678-8419                                                                                                           

Apresentação
 
Capela da Santa Cruz dos Enforcados
 
Capela de Santa Luzia
 
Catedral da Sé
 
Capela dos Aflitos
 
Igreja da Consolação 
 
Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte
 
Igreja da Ordem Terceira de São Francisco 
 
Igreja e Convento da Luz
 
Igreja do Pátio do Colégio
 
Ordem Terceira do Carmo
 
Os Santos e Suas Devoções São Paulo
 
Santo Antonio
 
São Bento
 
Igreja de São Francisco
 
Igreja de Santa Ifigênia
 
Igreja de São Cristóvão
 
Igreja de Nossa Senhora do Rosário...
 
 Agenda
 Artes e Artesanato
 Colunistas
 Humor
 Cultura
 Econotas
 Editorial
 Educação
 Em Questão
 Em Rhede
 Política e Cidadania
 Entrevistas
 Reportagens
 Mirim
 Notícias
 Outras edições
 Poesia e Crônicas
 Reflexão
 Sócio Ambiental
 Terceira Idade
 Terceiro Setor
 Turismo
 
 
 
 
 
 
 
Visitantes
Hit Counter
 
 
 
ESPECIAL - IGREJAS DE SÃO PAULO
 

Igreja da Consolação

   
Lincoln Secco                                                                  
 

Duzentos anos de história. A Igreja de Nossa Senhora da Consolação surgiu no caminho do Piques. Vereda que levava àquela região que hoje é ocupada pela Praça da Bandeira. Nas proximidades, a Rua do Paredão, hoje Xavier de Toledo. Também ficava na estrada que levava (e ainda conduz) à Nossa Senhora dos Pinheiros. Ao bairro de Pinheiros.

A Igreja foi fundada em 1799. Reformada em 1840. Foi subordinada à Igreja de Santa Ifigênia, enquanto a maioria das igrejinhas do século XIX serviam à Sé. Mas em 1870 já aparecia em seu livro de Tombo os limites de sua freguesia, entre o Anhangabaú, a futura Avenida São João e o Rio Tietê. E a ela se subordinaram as igrejas da Santa Cruz das Perdizes (até 1879) e de Santa Cecília (até 1892).

No início do século XX surgiu a idéia de construir uma nova igreja. Como se fazia por toda a cidade, numa febre de progresso e renovação que, infelizmente, destruiu grande parte de nossos edifícios coloniais. Um documento antigo atesta bem esse espírito da época: “Fazemos saber que (...) havemos por bem de conceder-lhe faculdade para mandar demolir a actual igreja matriz da parochia afim de que no mesmo lugar se possa erigir uma nova matriz que possa corresponder aos belos edifícios que ora existem nesta capital” (D. Duarte Leopoldo e Silva, Arcebispo metropolitano, ao vigário da Igreja da Consolação, 15 de agosto de 1909).

Encontrei no livro de tombo da igreja (volume segundo) cópia da escritura do terreno para a construção da nova matriz e que se postava ao lado da antiga igreja. O terreno pertencia à Dona Veridiana Prado. Foi comprado por 40 contos de réis. Tinha 35 metros de frente por 32 metros de fundos. Os lados mediam 42 e 50 metros. No dia 21 de novembro foi lançada a pedra fundamental e alguns anos depois estava pronto o edifício religioso lindo, dotado de uma torre altíssima, e de um altar-mor trazido de Paris, feito em carvalho, mármore e bronze.

A nova matriz tem imagens belíssimas. É faustosa. Cheia de placas que rendem homenagens àqueles, de mais posses, que contribuíram para a ereção da magnífica igreja. Lembremos que a Irmandade de Nossa Senhora da Consolação teve em seus quadros pessoas altas da terra paulista, como o Barão de Ramalho e o Barão do Tietê. No século XIX tinha ricas imagens de São João Batista, Santa Anna, Bom Jesus, São Pedro, São Miguel, São José, Nossa Senhora da Conceição, São Paulo e São Francisco de Paula. Época gloriosa da igreja, quando era seu vigário Eugênio Dias Leite. A imagem de Nossa Senhora da Consolação, do século XVIII, descansou muito tempo na Igreja do Colégio. Depois mudou-se para o Arquivo da Cúria e, mais tarde, visitou o Museu de Arte Sacra. Como tantas outras imagens antigas.

Paróquia de Nossa Senhora da Consolação


Adm. Paroquial:
Pe. Ramon Pulido Santiago

Endereço: Rua da Consolação, 585 – 01301-000 – Consolação – SP
Tel.: 3256-5356 ou 3151-4704 - Fax: 3255-5271

Secretária: Cintia

Horários de Missas:
2ª feira a 6ª feira: às 07:00h, às 12:00h e às 18:00h
Sábado: às 08:00h e às 18:00h
Domingo: às 08:00h, às 09:00h, às 10:30h, às 12:00h, às 18:00h e às 19:30h

Atendimento de Confissões:
2ª feira à 6ª feira: das 09:00h às 11:30h e das 15:00h às 17:45h

Preparação para o Batismo:
1º sábado de cada mês: das 15:00h às 17:15h

Celebração do Batismo:
2º e 3º sábado de cada mês: às 10:00h

Preparação para adultos:
4ª feira: às 18:00h

 

spacer
::Uma foto::
 
::anuncie::

Saiba como anunciar no site clicando aqui.


   ::participe::
 Cartas
 Blog
 Fale Conosco
 
 

::outros textos::

Pescaria na Periferia -alegria matinal-
por
Julio Paupitz 

Como era o nome dele?
Tamar Levi

Aldeia de Carapicuíba
 Por José Afonso de Oliveira

Renovar a face da Terra
 Por Paulo de Abreu Lima

O Santuário do Caraça
Por José Afonso de Oliveira

O Auto da Compadecida

::apoiadores::






© copyright Revista P@rtes 2000-2007
Editor: Gilberto da Silva (Mtb 16.278)
São Paulo - Brasil
spacer