Crônicas

Por que as mulheres fazem artesanato?

Por que as mulheres fazem artesanato? Sonia Regina Rocha Rodrigues Resumo: Desde a antiguidade as mulheres se ocupam de pequenos trabalhos manuais. Essa atividade, desdenhada por Simone de Beauvoir como mera ocupação para preencher o tédio, tem, no entanto, uma importância maior do que manter as mãos ocupadas. De fato, a atividade artística é prazerosa e auxilia na manutenção da saúde mental e emocional das pessoas (sim, porque homens também fazem artesanato!) Synopsis: Since ancient times women have been engaged in small manual labor. This activity, dismissed by Simone de Beauvoir as a mere occupation to fill the boredom, has, however, a greater importance than keeping the hands occupied. In fact, artistic activity is pleasurable and assists in maintaining...
Continue a Leitura »
Em questão

Feminismo

Por J. N. Feminismo é um movimento político, filosófico e social que defende a igualdade de direitos entre homens e mulheres. Igualdade I G U A L D A D E Não mais Não menos A deficiência no entendimento no conceito dessa palavra é o que impede milhares de mulheres, todos os dias, de terem seus direito políticos, econômicos e sociais garantidos. Então se você, mulher, que está cansada de ser assediada escutar que não é capaz escutar que não é tão forte como homem escutar “para de mimimi” achar que não consegue tentar se encaixar nos padrões não ter confiança ter que ouvir “mas com essa roupa ela pediu” ser representada como objeto para vender ouvir “ignora que...
Continue a Leitura »
Comunicação

Divulgação de temas do feminismo encontra apoio online

Por Rúvila Magalhães - ruvila.avelino@usp.br O uso de tecnologias da informação e comunicação (TIC) nas lutas feministas permite um aumento no alcance dos conteúdos de conscientização sobre temas abordados nos movimentos. Além disso, as TIC proporcionam o estreitamento dos laços de solidariedade entre os diversos grupos feministas no Brasil e no mundo, ampliando assim a luta e os debates. Esses foram alguns resultados da pesquisa realizada pela jornalista Vera Vieira, na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP. O trabalho contou com duas oficinas de capacitação, realizadas com lideranças de grupos e ONGs voltadas aos temas feministas, como parte da pesquisa empírica. As oficinas “Internet e violência doméstica: fazendo e intervindo” e “Internet e violência doméstica: transformando com a própria...
Continue a Leitura »