Cinema

IS ANYBODY THERE? (Tem alguém aí? – 2008- Reino Unido)

Nair Lúcia de Britto Para falar a verdade interessei-me em assistir esse filme movida pela admiração que tenho pelo ator Michael Caine, um homem carismático e atraente. Cuja fisionomia marcante transparece uma personalidade forte e fascinante; o que enriquece seus dotes artísticos. Nasceu em Londres, dia 14 de março e, durante sua carreira, já trabalhou em mais de cem filmes (segundo pesquisa).   De início, o tema do filme parece tratar-se de uma história um tanto tétrica, que conta as aventuras sinistras de um garoto de apenas dez anos chamado Edward ((Bill Milner). Os pais dele administram um asilo para idosos o que faz com que o menino testemunhe o final da existência e o faz refletir sobre o...
Continue a Leitura »
Educação

Sem partido?

por Eduardo Paulo Berardi Junior   Escolas sem partido é um movimento que pretende que as escolas “ensinem com neutralidade”. Nos anos 60 o movimento hippie tinha como bandeira viver outsider, ou seja, fora da sociedade! A sociologia através de seus próceres, ensinou que não havia essa opção para humanos… uma vez que onde quer que o homem esteja, ali estará a sociedade. Logo, viver fora da sociedade é uma ilusão. Do mesmo modo negar-se a viver segundo as balizas da sociedade de consumo estando no Ocidente! Ainda que possa assumir uma posição crítica, tudo ao meu redor respira consumo. Querendo ou não, gostando ou não, participo dela. Quando alguém diz que é apolítico também se engana. Omitir-se em...
Continue a Leitura »
Saúde

Sindrome febril aguda (sospecha de dengue)

U NIVERSIDAD SUDAMERICANA ESTUDIO DE CASO CLINICO EN PEDIATRIA SINDROME FEBRIL AGUDA (SOSPECHA DE DENGUE) * Ana Carolina Silveira Ravagnani   Paciente M.M. del sexo femenino, adolescente, de 14 años de edad, pálida, deshidratada, con historia previa de fiebre remitente de 37.7ºC hasta 38.5º.C por 5 días de evolución de inicio brusco que se atenúa con uso de paracetamol 500mg por vía oral, además presenta nauseas, dolor epigástrica y vómitos de contenido alimentario y luego liquido espumoso blanco en varias oportunidades en su casa, dolor epigástrico continuo de gran intensidad y localización difusa de 3 días de evolución, la cual fue atendida en el consultorio por dos ocasiones sin avanzo donde se le remite al servicio de emergencia y encamina...
Continue a Leitura »
Cinema

Memórias Secretas

  MEMÓRIAS SECRETAS              (Canadá-2016)             Nair Lúcia de Britto Faço minhas as palavras do comentarista, do Whashington Post, Christopher Kompanek:  único comentário plausível sobre esse filme, segundo meu ponto de vista. Diz ele o seguinte: “Esta não é uma trama de vingança convencional. Quando a recompensa do fim da história de Memórias Secretas, finalmente chega ela é tão satisfatória como surpreendente.” Eu, particularmente, evito ao máximo assistir filmes com cenas de violência; mas, quando o filme se baseia em fatos históricos que fazem parte da nossa Cultura, não tem como resistir. Nesse caso essas cenas são bem poucas porque o filme se prende quase que exclusivamente na trama. Uma trama inteligente,  original e perspicaz, que não tem nada...
Continue a Leitura »
Educação

A História Vista de Baixo: a cultura popular tradicional por Edward P. Thompson

“A HISTÓRIA VISTA DE BAIXO”: A CULTURA POPULAR TRADICIONAL POR EDWARD P. THOMPSON Anatália Daiane de Oliveira Eva Emília Freire do Nascimento Azevedo Edson Caetano THOMPSON, Edward Palmer. Costumes em comum: estudos sobre a cultura popular tradicional. Tradução Rosaura Eichemberg. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. O presente texto tem como objetivo descrever e refletir sobre alguns aspectos do livro “Costumes em comum” de Edward Palmer Thompson, evidenciando suas contribuições para o debate da “história vista de baixo”, ou seja, por meio de um movimento crítico, com vistas a entender como as camadas populares se movimentam e fazem história, dando visibilidade e protagonismo às pessoas que por longo tempo tiveram suas vivências excluídas e marginalizadas pela historiografia “oficial”. Thompson...
Continue a Leitura »
Cultura

Viva arte

Por Lúcia Helena Negri Teixeira Quem nunca se emocionou, e se identificou com uma dança, teatro, música, canto?  Como dizia o artista e cientista Leonardo da Vinci, “A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível”. A arte é a chave para a porta do sucesso profissional, para a evolução da mente e do corpo. Permite o autoconhecimento, por meio da expressão do contentamento e do descontentamento. Mas, como apreciá-la? Arte não se resume em sapatilhas, tutus, violinos, teatros ou coretos, há arte por toda parte! Basta expandirmos nossos sentidos para contemplá-la. O grafite destacado nos muros é uma arte e não uma pichação. Meninos no semáforo fazendo malabares, com bolas, praticam a arte do circo. Assim, como aqueles...
Continue a Leitura »
Ciências Sociais

Territorialidade e Territorialização na Elaboração de Laudos Antropológicos

Territorialidade e Territorialização na Elaboração de Laudos Antropológicos Leone de Araújo Rocha   Resumo: Nos processos de regularização fundiária quilombola, muitas vezes ocorre o conflito entre a definição da área proposta pelos quilombolas e a área final, aquele que foi possível identificar ou que garante de fato a demarcação da área. Busca-se neste artigo definir os conceitos de territorialidade e territorialização e sua aplicação no processo de elaboração de Laudos Antropológicos para a regularização fundiária quilombola. Palavras-Chave: Território; Territorialização; Quilombo; Laudos Antropológicos Summary: In the quilombo land regularization process often occurs conflict between the definition of the area proposed by the Maroons and the final area that it was possible to identify or guarantees indeed the demarcation of the...
Continue a Leitura »
Crônicas

Pai!

PAI!   Nair Lúcia de Britto   Hoje, pela manhã, dormi um pouco mais. O frio me reteve na cama e me senti preguiçosa; querendo dormir outra vez. Mas alguém bateu à porta, então eu me levantei para ver quem era. Entreabri a janela e vi meu pai em frente ao portão, aguardando.   – Pai! – Exclamei, assim que eu o vi. Logo a seguir, abri a porta para ir ao encontro dele, que tinha uma expressão enigmática. – Sim, sou eu que vim te visitar porque senti muita saudade e ando preocupado com você. Rezo a Deus, todos os dias, para que te proteja enquanto estou longe. Mas, filha, não se aflija, são apenas preocupações de Pai....
Continue a Leitura »
política

Eleições em São Paulo

Por Celio Turino Gostaria de compartilhar análise sobre a manutenção da candidatura Russomano. Por óbvio, ele torna-se um forte candidato. É conhecido, tem recall, forte penetração na periferia, com base militante via Igreja Universal, tem recursos financeiros e agora, com a absolvição no Supremo, pode-se apresentar como ficha limpa, apesar de suas histórias escabrosas. Mesmo sabendo que ele não é um candidato de chegada, caso mantenha o piso de 2012 (21%), dificilmente estará fora do segundo turno. Como pontos débeis. A fragilidade de conteúdo programático e vinculação com fundamentalismo/oportunismo da Universal e PSC (que passará por mau momento em virtude das denúncias contra Feliciano). Mas ainda assim, há que levar em conta que SP tem tradição em eleger candidatos...
Continue a Leitura »
Cultura

Elza Soares arrasou nas Olimpíadas 2016

ELZA SOARES ARRASOU NAS OLIMPÍADA 2016 Nair Lucia de Britto       Elza Soares uma das mais consagradas cantoras brasileiras deu um belo espetáculo nas Olimpíadas de 2016, durante sua abertura, por sinal, maravilhosa. Foi uma sábia e justa lembrança convidá-la entre outras estrelas, para representar o Brasil.     Na sua difícil trajetória de vida, mostrou-se sempre não só uma grande cantora, mas também uma mulher forte e guerreira, que não se deixou abater pelas dificuldades e nunca desistiu dos seus sonhos. Nasceu na favela da Moça Bonita, em Padre Miguel (atual Vila Vintém). Seu pai era um operário e violonista e sua mãe lavava roupas para fora, para ajudar a família. Com apenas 12 anos de idade, o...
Continue a Leitura »
Cinema

Tallulah

Tallulah (EUA – 2016) Nair Lúcia de Britto   Um filme que surpreende a cada ação. De início o tema parece ser banal: uma história para distrair, de uma jovem descabeçada, chamada Lu (Ellen Page), que mora numa caminhonete e se contenta com uma vida de aventuras inescrupulosas, para sobreviver; e um namorado tão bonito como inconsequente… Até que os dois se desentendem.   Depois disso, ela recorre aos seus métodos rotineiros para matar a fome. Entra num hotel e quando bate à porta de uma hóspede, ela se depara com uma mulher mais desajuizada do que ela,  cuja irresponsabilidade põe em risco a vida da própria filha, um bebê de dois anos. Se passando por babá, Lu resolve...
Continue a Leitura »
Cultura

Todo mundo erra

TODO MUNDO ERRA Nair Lúcia de Britto Todo mundo erra   Eu errei, tu errastes   Ele errou…   Todo mundo erra   Mas a gente só berra   Quando o erro é do outro   Quando somos nós que erramos   Nós não enxergamos   Porque o espelho só mostra   O que queremos ver…   E prosseguimos errando   Até que o erro nos cause dor…   Todo mundo erra   Errar é humano   Mas persistir no erro   É desumano!       Eu errei, tu errastes, ele errou   Vamos nos perdoar?   E nos comprometer   Daqui pra frente…   Sermos mais inteligentes   Procurarmos acertar   Evitarmos errar Para nos amarmos mais...
Continue a Leitura »
Ciências Sociais

Planejamento Urbano Sustentável

Planejamento Urbano Sustentável Maiara Garbuio*   RESUMO É de fundamental importância o planejamento adequado de um espaço urbano, o qual deve vir acompanhado de sustentabilidade. O objetivo central da pesquisa é detalhar os problemas ocasionados pela urbanização e a importância de um planejamento urbano sustentável para que ocorra uma diminuição desses. Os métodos utilizados foram reflexões e análises de bibliografias. O resultado*1 foi contundente para afirmar que o planejamento urbano sustentável pode diminuir ou até zerar os impactos ambientais e sociais obtidos pela urbanização. PALAVRAS-CHAVE: Planejamento Urbano. Sustentabilidade. Urbanização. ABSTRACT It is of essential importance the proper planning of an urban space, which should be followed by sustainability. The central objective of this research is to detail the problems caused by urbanization...
Continue a Leitura »
Crônicas

Remédio ou veneno?

Nair Lúcia de Britto  Depende muito da forma como você usa esses medicamentos. Por exemplo, você acredita nas propagandas que dizem alto na sua cabeça: Tome isso para aquilo, tome aquilo para isso… E assim vai! Não pode dar bom resultado, sabe por quê? Porque antes de tomar qualquer remédio é preciso ser muito necessário, ou melhor, extremamente necessário. E não por causa de uma dor de cabeça qualquer que, com um pouco de paciência, passa com um simples lenço úmido sobre a testa, um descanso, um pouco de silêncio. Se não passar então é preciso procurar saber a causa e matar o mal pela raiz. Uma dor de cabeça tem mil motivos e, se você não eliminar o...
Continue a Leitura »
Crônicas

O quinto elemento ou a quinta força?

Margarete Hülsendeger O universo nos torna humildes. A natureza esconde muitos de seus mistérios mais interessantes. Mas os cientistas são arrogantes o suficiente para achar que podem solucioná-los. Lisa Randall (Batendo à porta do céu) Em 1997 estreava “O Quinto Elemento”, um filme escrito e dirigido pelo francês Luc Besson. Em seu elenco, Bruce Willis, Gary Oldman, Milla Jovovich, entre outros. Na produção, os quadrinistas Jean Giraud e Jean-Claude Mézières e no figurino, o estilista Jean-Paul Gaultier. A trama ocorre em 2263 quando uma ameaça alienígena só poderá ser evitada pela conjugação de quatro pedras sagradas, representando os quatro elementos – água, ar, fogo e terra – além do quinto elemento, corporificado pela extraterrestre Leeloo (Milla Jovovich). O personagem...
Continue a Leitura »
Crônicas

A banca de jornal

Gilda E. Kluppel Ele, dono de uma banca de jornal, no centro da cidade, costuma analisar as pessoas pelos jornais e revistas que compram. Sempre gostou de leitura, herdou do pai a banca de jornal, instalada em um ponto estratégico da cidade. Precisou diversificar as vendas, conforme a necessidade do mercado, ampliou a variedade de produtos, de refrigerantes até guarda-chuvas, transformando a banca em uma loja de conveniência. Culpa a internet pela diminuição da venda de jornais e revistas, agora os leitores apressados necessitam apenas de informações atualizadas e sintéticas. Mantêm expostas, num quadro de vidro, as capas de revistas antigas “O Cruzeiro”, “Manchete” e “Grande Hotel”. Aprendeu a se interessar por leitura ao frequentar, quando criança, a banca...
Continue a Leitura »
Em questão

A sabedoria dos avós

  Certamente você já disse ou ouviu dizer que os avós estragam a educação dos netos e tiram a autoridade dos pais.   Esta afirmação é falsa ou verdadeira? A resposta não é tão simples assim, pois não devemos generalizar comportamentos. Nas relações familiares há quem queira determinar um comportamento padrão e é rigoroso na cobrança dos filhos e netos. Mas, há também quem sabiamente aconselha e passa sua experiência de vida com o devido respeito às individualidades e às diferenças culturais das novas gerações. Na realidade, esse tema da participação dos avós na educação dos netos ganha ainda mais destaque, especialmente nesse tempo em que a sociedade vive a grave crise do conceito de família. São pais que...
Continue a Leitura »
Gestão Pública

Participação popular além do voto

Luís Mário Luchetta* A Constituição de 1988 já prevê a participação do povo na gestão pública – o primeiro passo a ser dado na construção de uma sociedade verdadeiramente democrática. Porém, para que o cidadão possa ser reconhecido como sujeito histórico e protagonista no processo de desenvolvimento, é preciso encurtar distâncias entre o eleitor e o poder público e ampliar a sua participação para além do voto. Mas ainda existe muita burocracia, informações desencontradas, processos lentos, falta de controle e organização em grande parte dos centros urbanos. O uso da Tecnologia de Informação e Comunicação pelos municípios deve ser visto muito mais que um mero processo de automação, mas um caminho sem volta na obtenção de resultados eficazes na...
Continue a Leitura »
Coaching

Cuidar da sua carreira é o melhor antídoto para as crises

Marcos Vono A crise existe, sempre existiu e sempre existirá. Claro, em níveis diferentes, nem sempre de forma tão aguda como agora. Mas, como estar preparado para enfrentar estes momentos e não ser tão impactado pela crise? Como conseguir manter-se competitivo em um momento tão delicado do país? As pessoas serão impactadas pela crise na medida do seu nível de competitividade profissional. Escolher um caminho profissional e assumir a responsabilidade pela construção da carreira e, de como levá-la ao melhor resultado possível é uma missão. É dever de cada profissional, que deve estar preparado não apenas para períodos de crise, mas em períodos de crise e de bonança.   Para ser menos impactado pelas crises, é necessário ter um...
Continue a Leitura »
Trabalho

Amizade são gestos

João Guilherme Vargas Netto Considero que a grande tarefa estratégica atual do movimento dos trabalhadores é reconstruir passo a passo a unidade de ação das centrais sindicais com uma pauta de resistência e sem extravagâncias. Isso tem sido difícil devido à instabilidade do quadro político e aos ressentimentos e desconfianças que se exacerbaram com o impedimento presidencial. Mas, a forte recessão que agride os trabalhadores no emprego e nos salários e as propostas do governo interino que, obedecendo à sua equipe econômica, são também recessivas, vão fazendo que a unidade de ação que é necessária, seja também possível. E, como amizade são gestos, o caminho da unidade vem sendo trilhado por meio de gestos muitos significativos. Assinalo três deles,...
Continue a Leitura »