Educação

Desafios do estágio supervisionado no contexto das políticas de formação de professores da educação básica

DESAFIOS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CONTEXTO DAS  POLÍTICAS BRASILEIRAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA   Vilma Aparecida de Souza Maria Aparecida Guerra Lage   Resumo: O presente artigo focaliza desafios do Estágio Supervisionado na formação de formação de professores da Educação Básica, frente às políticas brasileiras de formação de professores no cenário das reformas educacionais implementadas a partir dos anos 1990. Além disso, situa os embates de educadores contra os descaminhos instituídos pelas reformas, buscando indícios para repensar rumos para superar tais desafios. Palavras-chave: Formação Docente; Estágio Supervisionado; Prática educativa   Abstract This article focuses on the challenges Supervised Internship in the formation of formation of Basic Education teachers, compared to Brazilian teacher training policies in the...
Continue a Leitura »
Turismo

Férias de julho: encontre e planeje sua próxima viagem

  Por Henrique Mol Poucas coisas na vida são tão boas quanto viajar. O brasileiro descobriu isso nos últimos anos e agora não perde mais oportunidades para colocar o pé na estrada. Assim, durante as férias de julho é comum as famílias tirarem alguns dias para se reunir e conhecer novos lugares. Mas para aproveitar esse mês de folga bem no meio do ano letivo e encontrar uma viagem que caiba no sonho e no bolso é fundamental se planejar. Confira nove dicas da Encontre Sua Viagem para programar suas férias de julho gastando menos, aproveitando mais e evitando possíveis aborrecimentos. 1. Programe-se financeiramente – Viajar é uma delícia, mas voltar e encontrar várias dívidas acumuladas não é nada bom....
Continue a Leitura »
Educação

O orientador educacional como facilitador do processo de aprendizagem de história nos anos iniciais

  Aline Silva Vieira   RESUMO A participação do Orientador Educacional é crucial nas escolas, agindo este junto à equipe escolar e a comunidade, com o objetivo de aprimorar o processo educacional, proporcionando ao aluno uma educação de qualidade. Deste modo, notou-se a dificuldade dos professores ao trabalhar história com os alunos dos anos iniciais. Sendo assim a participação do Orientador Educacional como facilitador desse processo é imprescindível, pois garante uma aprendizagem significativa a todos. A reflexão histórica adequada nesse nível de ensino pode garantir ao aluno uma compreensão da sociedade em que vive, fazendo uma correlação dos conteúdos históricos com a realidade. O Orientador Educacional tem a constante tarefa de auxiliar no processo para a formação do cidadão...
Continue a Leitura »
Educação

Gestão democrática da Educação: um desafio na formação teórico-prática dos educadores

No que se refere à educação, apesar de todos os obstáculos, lutas e embates, a mobilização para a gestão democrática da escola pública garantiu que a Constituição Federal, promulgada em 1988, incorporasse em seu texto a democratização da sociedade e da escola pública. Embora de forma vaga e imprecisa, o artigo 206 estabelece como princípio para o ensino a “gestão democrática do ensino público, na forma da lei”. (BRASIL, 1988)....
Continue a Leitura »
Crônicas

Receita para ser feliz

Nair Lúcia de Britto Na verdade, não existe uma receita para ser feliz. Para alguns a felicidade é simplesmente beber  uma água de coco gelada, na praia, olhando para o mar… Para outros, o mundo inteiro ao seu redor não é suficiente para fazer feliz. Esses é que são realmente infelizes. Para ser feliz o importante é fazer o que se gosta, percorrer os caminhos que o próprio coração escolheu; usufruir cada centelha de alegria que a vida nos dá e deixar as tristezas irem embora… Porque tudo passa nessa vida, e a tristeza também! Eu conheci  D. Leontina, mais conhecida como Ninha, funcionária pública, aposentada, no ponto mais bonito da Praia dos Milionários, em São Vicente, frente ao edifício Grajaú,...
Continue a Leitura »
Educação

Por que São Paulo não quer o Cartão Material Escolar?

  Rubens Passos* Recentemente, ao constatar o atraso na entrega de cadernos, lápis, borrachas, réguas e outros produtos do kit pedagógico aos alunos da rede estadual de ensino, em numerosos municípios, o governador Geraldo Alckmin deu declaração pública favorável à implantação do Cartão Material Escolar. Este modelo substitui as licitações, objeto de constantes fraudes no País, e prima pela pontualidade, pois  oferece a cada estudante a possibilidade de fazer diretamente a compra nas papelarias de sua própria cidade. Passados quase dois meses, a Secretaria da Educação paulista parece não ter considerado a manifestação do governador, pois o assunto está esquecido. Felizmente, não em todo o Brasil, pois mais um Estado, o Maranhão, acaba de adotar o Programa Cartão Material Escolar,...
Continue a Leitura »
Educação

Ludicidade na educação infantil: currículo, interações e cultura em contexto

Embora as discussões busquem conceituar os jogos e as brincadeiras, estudiosos como Brougère (1998) e Kishimoto (2000) afirmam não ser possível definir tais vocábulos em razão de que são polissêmicos e ambíguos, pelo fato de que tratam-se de manifestações sociais e culturais e por isto adquirem variadas significações....
Continue a Leitura »
Cultura

As tradicionais Festas Juninas do Nordeste

Antes de destacar essas tradições das festas juninas na região Nordeste do Brasil, vamos entender um pouco da origem desses festejos. São duas explicações para o termo festa junina. A primeira é atribuída às festas que ocorrem no mês de junho, a outra é que esta festa se origina em países católicos da Europa e, por causa das homenagens a São João, eram chamadas de festas joaninas....
Continue a Leitura »
Colunistas

Promoção e poder

* por Tom Coelho “Contrate e promova primeiro com base na integridade; segundo, na motivação; terceiro, na capacidade; quarto, na compreensão; quinto, no conhecimento; e, por último, como fator menos importante, na experiência. Sem integridade, a motivação é perigosa; sem motivação, a capacidade é impotente; sem capacidade, a compreensão é limitada; sem compreensão, o conhecimento é insignificante; sem conhecimento, a experiência é cega.” (Dee Hock, fundador da Visa)   “O poder muda as pessoas”.   É muito provável que você já tenha proferido a frase acima para qualificar a mudança no comportamento de um amigo após este ser promovido em seu emprego. A este respeito, permita-lhes contar uma breve história…   Há mais de uma década eu estava como...
Continue a Leitura »
Educação

Conselho de Classe: Um Diagnóstico da Realidade Escolar

  Lucila De Nazaré Rodrigues de Moraes* Resumo: O artigo teve o objetivo de analisar as necessidades e orientações para efetivação do Conselho de Classe na E. E. Prof. Gabriel Almeida Café em Macapá-AP, a metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, documental e a de campo com o método de abordagem dialética. Os dados foram coletados através de observações e entrevista estruturada, sendo interpretados comparativamente. Concluiu-se que o Conselho de Classe é todo estruturado no papel, mais que na prática não foi efetivado. Palavras-chave: Conselho de Classe; Coordenação pedagógica; Conhecimento; Aprendizagem; Colegiado; Ação coletiva. Abstract: This article aimed to analyze the needs and guidelines for realization of the Class Council in EE Prof. Gabriel Almeida Coffee in Macapá-AP, the...
Continue a Leitura »
Ciências Sociais

Estado, liberdade e igualdade; faces da democracia

 Claudinei Frutuoso* Eliane de Araújo Teixeira** RESUMO: Este texto faz parte de uma reflexão sobre o papel exercido pelo estado em nossa relação de liberdade e igualdade. Uma vez que compete a este administrar, legislar e julgar pelo cidadão que repassa esse poder por meio da representatividade. Neste contexto os textos apresentados por Welffort (1989) e (2001), Mello (1989), Nascimento (1989), Lombardi (2012) e Saviani (2001) serão a base para essa discussão, que (indicar conclusão). INTRODUÇÃO O tema aqui apresentado decorre da necessidade de compreender o processo de composição do estado e as influencias dos principais pensadores da época para a temática. O estado em sua essência surge como interlocutor de uma sociedade formada a partir do surgimento da...
Continue a Leitura »

Professor: aprendendo a ensinar com a tecnologia

Por Marcos Abellón A missão de ensinar é muito anterior à criação das primeiras instituições educadoras da história. Antes mesmo do desenvolvimento da escrita, processos comunicacionais de fala e gestos tiveram importante função de repassar aquilo que era considerado importante e, a necessidade de nomear pessoas específicas para ensinar, já aconteceu no Antigo Egito. O papel e a atuação do professor já não é há muito tempo a mesma do passado. Especialistas em comunicação já consideram o uso das tecnologias nas salas de aula um caminho sem volta. Porém, ela depende essencialmente dos professores para dar certo. Isso porque eles precisam dominar os aplicativos para obter ganhos reais para a prática pedagógica e conseguir realmente impactar os alunos de...
Continue a Leitura »
Em questão

O maior desafio de um arquiteto ou designer de interiores: o ser humano

*Glaucio Gonçalves Ao longo desses 20 anos de carreira em arquitetura e design de interiores descobri que o grande desafio da profissão não está na elaboração de um projeto ou obra, mas sim em lidar com as pessoas que passam pela sua vida. Seja cliente, chefe, fornecedor ou funcionário, todos carregam consigo expectativas, crenças, modelos mentais e diferentes percepções de mundo. Percebi com o tempo que muitas pessoas chegam à vida adulta com um potencial mal resolvido ou ate mesmo traumas que acabam dificultando a convivência com os outros. Na nossa profissão, isso influencia diretamente o andamento de uma obra ou projeto. A construção ou uma reforma de um imóvel é, em geral, a realização de um sonho. Por...
Continue a Leitura »

Tecnologias de Informação e Comunicação: limites e possiblidades no ensino superior

O estudo que ora se inicia, tem por finalidade identificar as possibilidades e as limitações existentes na utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no cenário do Ensino Superior. Através de uma pesquisa bibliográfica, podemos identificar que o maior obstáculo para a utilização das tecnologias no ensino superior é a falta de formação adequada dos docentes e também de incentivo de programas de formação continuada para os mesmos por parte das Insti-tuições de Ensino...
Continue a Leitura »

O livro infantil faz o adulto pensante

  Por Fernando Ribeiro* Dentre as capacidades mais eficientes e edificadoras do ser humano, destaca-se a de pensar. Mas não é o pensar no sentido mais simples da palavra; é o pensar que envolve estímulo, reflexão, criação de opinião e, principalmente, capacidade de expressar essa opinião e argumentar adequadamente para defendê-la. Quem não se relaciona bem com essa série de elementos que performam o fazer, estará condenado a ser eternamente o seguidor das opiniões alheias, manipulado por ideias que soam atraentes ou revolucionárias, mas que pertencem a outro. Para desempenhar bem a função de ser humano pensante, é necessário que se crie condições e possibilidades para que, desde a infância, o indivíduo receba estímulos suficientes para saber filtrar aquilo que lhe...
Continue a Leitura »
Poesias

A arma nossa de cada dia

  A ARMA NOSSA DE CADA DIA     Nazaré, 01-07-1995   O poeta está armado… Disse ele empunhando uma caneta. O pintor está armado… Disse ele empunhando um pincel. A policia está armada… Disseram eles, combatendo o povo. Chegou a tropa de choque, abrilhantando a desgraça. O camponês está armado… Disse ele empunhando uma foice. O operário está armado… Disse ele empunhando um martelo. O povo está armado… Disseram eles de encontro à esperança. O governo está armado… Disseram eles promovendo o terror. A desgraça brilha na praça. O povo de encontro à desgraça. E a desgraça brilha… na praça.   Gilberto Nogueira de Oliveira REG-277358L500F18 FBN-EDA-MIN.CULT. RJ-BR...
Continue a Leitura »

Reflexões sobre o preconceito escolar contra crianças que fogem ao “tipo ideal” de estudante

O presente artigo tem como objetivo refletir sobre a educação e o preconceito escolar, particularmente contra as crianças que fogem ao “tipo ideal” de estudantes, especialmente as indígenas, negras e pobres à luz de um referencial crítico de Psicologia e educação. Trata-se de um trabalho na perspectiva qualitativa, sendo utilizado como instrumento a revisão bibliográfica. Percebe-se que apesar da existência de muitos trabalhos sobre o preconceito escolar, existe a necessidade de maiores aprofundamentos sobre o preconceito contra as crianças que fogem do “tipo ideal” de estudante esperado pela escola, visando que elas tenham acesso às condições adequadas à apropriação dos conhecimentos sistematizados pela humanidade no decorrer da história e a sociedade avance cada vez mais em direção a humanização...
Continue a Leitura »
Educação

Pedagogia do Oprimido e Pedagogia do Conflito: a atual pedagogia necessária nas escolas públicas

Este artigo apresenta um paralelo entre os livros Pedagogia do Oprimido, escrito por Paulo Freire e publicada em 1974, e Educação e Poder – Introdução à Pedagogia do Conflito de Moacir Gadotti, realizado através de observação em aulas práticas de uma escola EJA. Foram analisados três professores de graduação diferente, sendo nas áreas de matemática, língua portuguesa e história. A observação ficou retida na forma de ensino dos professores, sua ligação com os educandos e as respostas apresentadas pelos mesmos...
Continue a Leitura »
Espiritualidade

Autor da reconstituição da verdadeira face de Santo Antonio

                     Nair Lúcia de Britto              Santo Antonio de Pádua, um dos santos mais populares e mais queridos pelos fiéis  da Igreja Católica, ganhou um novo rosto, a partir do dia 10 de junho de 2016.   A obra foi resultado de diversas instituições científicas, entre as quais o Museu de Antropologia da Universidade de Pádua (cidade italiana, da província homônima, na região de Vêneto).   No ano de 1981 já se possuía o decalque do crânio do Santo, mas naquela ocasião não existia uma tecnologia,  que pudesse reconstituir o seu rosto.  Graças aos avanços tecnológicos, atualmente, esse trabalho tornou-se possível.   A obra final foi do designer brasileiro Cícero Moraes que recebeu a cópia do crânio...
Continue a Leitura »
12