Assédio Moral

Uma verdadeira história de assédio moral

Por Gilberto da Silva Segue abaixo texto que escrevi sobre o segundo livro de Ednete Franca , O perigo invisível. Recomendo a leitura e pauta para apresentações, palestra e entrevista.   Depois de Entre sonhos e pesadelos, Ednete Franca nos presenteia com O perigo invisível, obra em que a autora sergipana aprofunda sua narrativa sobre o processo de vitimização que sofreu no seu local de trabalho. Na trama, Ednete dá nomes aos bois, parte de recordações de uma viagem trágica pela região das montanhas fluminense até chegar ao verdadeiro trauma que impactou a autora e sua família e, com riqueza de detalhes, disseca aspectos do processo de assédio moral que a vitimou no âmbito da Administração Pública Federal. Humilhação,...
Continue a Leitura »

Assédio Moral no ambiente de trabalho

Por João Sérgio de Castro Tarcitano e Cerise Dias Guimarães  Veja o trabalho na íntegra. Versão em PDF                    Através dos tempos, o vocábulo “trabalho” veio sempre significando fadiga, esforço, sofrimento, cuidado, encargo; em suma, valores negativos, dos quais se afastavam os mais afortunados. A evocação dessa etimologia e desse passado se faz bastante prudente porque guarda consonância com o cenário em que se descortina o assunto deste trabalho, um cenário de violência no ambiente organizacional donde emerge um fenômeno, que apesar de invisível, vem merecendo especial atenção das organizações, dos funcionários e da sociedade como um todo devido aos danos que provoca. E este fenômeno tem nome: é o assédio moral.O referencial teórico e mesmo as pesquisas são...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

Assédio moral no trabalho e a educação como instrumento de prevenção

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO E A EDUCAÇÃO COMO INSTRUMENTO DE PREVENÇÃO   Lene São José de Souza * Hamilton Rodrigues dos Santos **   RESUMO Este artigo é resultado de uma análise bibliográfica que surgiu com a finalidade de compreender, analisar e difundir o que é o assédio moral no trabalho e as possibilidades de prevenção por meio da educação, por perceber que embora seja um tema atual, ainda é pouco discutido e desconhecido por muitas pessoas. Para isso foram utilizadas, como suporte teórico, obras literárias de autores como Marie-France Hirigoyen, Margarida Barreto e Maria Aparecida Alkimin que nos proporcionaram entender que o assédio moral no trabalho é uma modalidade de violência praticada com a intenção de ferir, ignorar...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

Os ratos de escritório e a ociosidade

Johnny L. Notariano  publicado em 20/04/2008            Depois de muito tempo de serviço público, eu procurei entender o que seria um funcionário ativo, mas ocioso como se comentava. No início de minha carreira relacionei-me com muitos funcionários de várias áreas de atuação, inclusive docentes. Esses funcionários eram extremamente capacitados e competentes, todos com nível superior, na época além de muito difícil essa formação, proporcionava \status\.          Educados e gentis muitos desses funcionários estavam em disponibilidade, ociosos.  Na minha ingenuidade, em início de carreira, queria entender a semântica do termo \disponibilidade\.Quanto mais eu os conhecia, menos entendia o porquê da disponibilidade. Eu questionava, se todos têm curso superior, alguns são Advogados; Contadores; Nutricionista; Administradores; Engenheiro Eletricista; educados, inteligentes e, a...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

O Chefe Carapuça

Johnny L.Notariano notarian@usp.br             Galgar até chegar a uma chefia é muito difícil. Faz parte da árdua carreira de todo trabalhador seja no setor privado ou público. Exige dedicação, capacidade e competência \legal\. A batalha inclui competição acirrada com outros colegas que lutam para isso e merecem também esse reconhecimento. Todos competem em nível de igualdade e sem interferências escolhem o melhor chefe.          Será que é mesmo assim a realidade? Se responderam não, resposta correta! Em alguns setores o caminho para a chefia é como a um espetáculo de \Gladiadores Romanos\ cujo final é triste, alguém é \sacrificado\. Certamente já ouviram falar em cartas marcadas no jogo de baralho. Não há diferença. É um mundo de injustiça. Nunca me...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

O mui amigo despeitado

Johnny L. Notariano  notarian@usp.br  Eu ouvi isso de meu avô quando eu tinha seis anos de idade. Não entendi nada, mas hoje entendo tudo. Ele dizia: – \Faça-se de mel e as mosquinhas lhe devorarão\. Em outro texto, sobre relações no trabalho, discorri sobre uma praga maldita chamada Puxa-Saco. Agora, depois de sentir-me novamente inspirado, descobri outra colônia satânica, com o mesmo potencial de destruição, trata-se da pessoa despeitada. Ambos os sexos, existem nas mesmas proporções. Esse personagem se for também um \Puxa-Saco\, aí então é uma dose dupla, uma bomba com o poder de acelerar as partículas atômicas do núcleo da paciência até os níveis insuportáveis do colega de trabalho. Já se constatou por pesquisa, que para cada...
Continue a Leitura »

Mensagem para quem vive o assédio moral…

É realmente difícil encontrar palavras para definir ou traduzir o sentimento de quem vive o assédio moral. Digo isto com a autoridade de quem já esteve neste lugar e mais de uma vez. Não tenho por que negar ou esconder e não creio que isto possa desmerecer a mim ou a qualquer pessoa que passe ou tenha passado por esta dor dilacerante. Felizmente, tenho uma boa notícia, que também trago com orgulho desta experiência terrível, que é a de sair pelas minhas próprias forças, com a ajuda de profissionais gabaritados, certamente, mas com o esforço pessoal para tomar decisões e atuar nos espaços em que mais ninguém poderia estar por mim. Por isto, sei que é possível resolver este...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

Administrar ou assediar?

Johnny L. Notariano publicado em 20/04/2008   Se administrar for estar à disposição de lideranças que limitam a iniciativa dos subordinados; manipulam o conhecimento; sonegam informações; não permitem o acesso a elas e respondem com punições a qualquer atitude contrária, então estamos vivendo ainda o período feudal onde a única lei para os subordinados era o castigo, chicotadas e o desprezo. O valor utilidade de um homem só se mede depois de lhe dar liberdade de ação, assim como para se conhecer um homem, é só lhe dar um cargo de liderança. Um administrador quando humilha e coloca lá embaixo o funcionário, não está cônscio do grande equívoco cometido causado pela própria ignorância ou maldade. Imediatamente, o administrador, desce...
Continue a Leitura »

Assédio Moral contra Mulher nas Relações de Trabalho: uma reflexão sobre suas conseqüências econômicas e psicológicas

Alexandre Rui Neto As pessoas quando submetidas a intensas relações e convívio cotidiano, tal como se vê no ambiente de trabalho, e, por conseguinte nas relações de trabalho, ficam sujeitas a exposição constante de sua imagem e de seus pensamentos, por sua vez, este ambiente pode se tornar um lugar de hostilidade e de confrontamento, devido aos choques de personalidade, das brincadeiras mal intencionadas, do desejo por determinado cargo e função, entre outros fatores, que assim fazem deste espaço um local propício ao desenvolvimento das práticas de assédio moral. Não obstante, nota-se que este ambiente se faz mais perverso e discriminatório para as mulheres, que encontram diferentes situações de constrangimento, bem como os reflexos da desigualdade de gênero, os...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

Assédio Moral: entre sonhos e pesadelos

Gilberto da Silva “Que trágica ironia! As pessoas da minha instituição que, na pior das hipóteses, deveriam me proteger foram elas as responsáveis com ou sem intenção da minha dor” Página 201.   Obra: Entre sonhos e pesadelos: uma história real de assédio moral Autora: Ednete Franca Passos Oliveira Editora: Gráfica Editora J. Andrade Local: Aracaju, 2005 Preço:s/i Contatos com a autora: ednetefrancaf@bol.com.br publicado em 12/09/2007   Quando recebi o primeiro e-mail da Ednete logo identifiquei uma pessoa angustiada. Mais uma entre centenas de cartas de pessoas desesperadas pela opressão no trabalho. Mas a funcionária pública federal foi muito adiante na sua luta. Como sempre nestes casos não fugi a atendê-la e inclusive transmiti seus questionamentos para a nossa...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

Discriminação, preconceito e assédio moral, defendam-se

Johnny Notariano  Diferenças existem em todas as esferas administrativas nas relações de trabalho e é justamente essa diferença que causa os mais atormentados conflitos interpessoais dentro de uma instituição privada ou pública. Conviver com as diferenças tem sido o maior de todos os desafios administrativos e trabalhistas devido aos afluentes que emergem dessa relação ao envolver toda a cultura de gestão da instituição. A Constituição Federal de 1988 assegura o direito de igualdade para todos ao mesmo tempo em que torna legal algumas diferenças. Como exemplo o menor que só pode trabalhar como aprendiz, assistido e com restrições e aí se torna lícita essa diferença o que dificulta o trabalho de advogados ao se conciliar a igualdade e as...
Continue a Leitura »

Assédio Moral nas organizações: um comprometimento à saúde do trabalhador

TATIANE ARISTIDES BARBOSAleia na íntegra Trabalho de Conclusão de Curso apresentado a Universidade Estácio de Sá como requisito parcial para a obtenção do grau de Bacharel em Serviço Social. Orientadora: Professora Mestre Edna Inácio da Silva e Silva RIO DE JANEIRO DEZEMBRO/2008 RESUMO BARBOSA, Tatiane Aristides. Assédio moral nas organizações: um comprometimento à saúde do trabalhador. Universidade Estácio de Sá. 2008. Este trabalho monográfico consiste em uma pesquisa bibliográfica que apresenta e discute o Assédio moral nas organizações, detendo-se sobre a relação entre este e a saúde do trabalhador. A pesquisa demonstra que as muitas organizações, em decorrência do modo de viver capitalista, tendem, de modo geral, a atuar de forma adversa sobre o trabalhador. Sobrecarga de trabalho, condições...
Continue a Leitura »
Assédio Moral

Identificando o Assédio Moral no trabalho

Carolina de Aguiar Teixeira Mendes Segundo o dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, a palavra “assédio” significa “insistência impertinente, perseguição, sugestão ou pretensão constantes em relação a alguém”. Ultimamente, tem-se ouvido muito falar em assédio moral, embora não seja grande novidade na história da humanidade. Mas, afinal, o que é assédio moral no trabalho? Você conseguiria identificar se está sendo vítima desse mal? Segundo a médica Margarida Barreto, médica do trabalho e ginecologista, assédio moral no trabalho é “a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções, sendo mais comuns em relações hierárquicas autoritárias e assimétricas, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e...
Continue a Leitura »

Assédio Moral no ambiente de trabalho

Por João Sérgio de Castro Tarcitano e Cerise Dias Guimarães  Através dos tempos, o vocábulo “trabalho” veio sempre significando fadiga, esforço, sofrimento, cuidado, encargo; em suma, valores negativos, dos quais se afastavam os mais afortunados. A evocação dessa etimologia e desse passado se faz bastante prudente porque guarda consonância com o cenário em que se descortina o assunto deste trabalho, um cenário de violência no ambiente organizacional donde emerge um fenômeno, que apesar de invisível, vem merecendo especial atenção das organizações, dos funcionários e da sociedade como um todo devido aos danos que provoca. E este fenômeno tem nome: é o assédio moral. O referencial teórico e mesmo as pesquisas são em número reduzido no Brasil frente à intensificação...
Continue a Leitura »

Assédio Moral, Situações familiares

ALGUMA DESTAS SITUAÇÕES DE TRABALHO,É FAMILIAR, PARA VOCÊ? CHEFES PERVERSOS GERENTES ARROGANTES CLIMA DE TERROR PERSEGUIÇÕES PRAZOS IMPOSSÍVEIS DE CUMPRIR FALTA DE RECONHECIMENTO REBAIXAMENTO HIERÁRQUICO COLEGAS INDIVIDUALISTAS DESPREZO SONEGAÇÃO DE INFORMAÇÕES PROVOCAÇÃO BOATOS PESSOAIS SE VOCÊ JÁ VIVEU ALGUMA SITUAÇÃO SEMELHANTE, VOCÊ SOFREU ASSÉDIO MORAL O que ASSÉDIO MORAL?? Resumidamente é quando os chefes, gerentes, encarregados – pessoas que exercem função de liderança – abusam da autoridade que receberam, interferindo de forma negativa nas pessoas que lideram. De que modo abusam?? Comportando-se de forma arrogante, perseguindo os funcionários, impondo condições e regras de trabalho personalizadas, etc. E por quê isto interfere negativamente? Porque as pessoas acabam tendo sua auto-estima prejudicada e nem sempre conseguem, ou podem, enfrentar de frente...
Continue a Leitura »