Banana contra a fome!

Banana contra a fome!
por Gilberto da Silva

 

Revista Partes ano II – fevereiro de 2003 – n.30 www.partes.com.br/ed30/reportagem.asp

A banana verde é uma alternativa alimentar econômica e um importante instrumento para o combate à desnutrição. Heloísa de Freitas Valle, uma senhora simpática e comunicativa é a criadora do Projeto Pró Banana Verde, que pode, ser aproveitado pelo Programa de Combate à Fome do governo Lula. O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) está, segundo Heloísa, interessado em aplicar o projeto da biomassa nos assentamentos do estado de São Paulo. “Até a consulesa de Cuba está querendo levar o projeto para o seu afirma Heloísa que nasceu em 1929 na cidade de São Paulo.

A banana (Musa spp.) é uma das frutas mais consumidas no mundo, sendo cultivada na maioria dos países tropicais, porém, pesquisas recentes indicam que algumas espécies de bananas podem acabar devido a ação de pragas. O consumo da banana verde contribui para o bom funcionamento do intestino , pois a biomassa é extraída por meio do cozimento e processamento da banana verde, com tecnologia especifica e aproveitamento integral da fruta casca e polpa, podendo ser aplicado em vários produtos alimentícios, beneficiando a digestão, melhorando a nutrição, atingindo todas as faixas etárias, desde crianças até pessoas da terceira idade, pois ela é um amido resistente, rica em fibras, contém sais e minerais, potássio e é excelente fonte de energia.

A importância da biomassa reside, principalmente, em sua diversidade de produção. Com a biomassa é possível produzir alimentos muito mais saudáveis e saborosos, agregando mais valor nutricional aos mais variados tipos de alimentos, melhorando a performance econômica na produção de segmentos como: indústria de panificação, indústria frigorífica, de sucos, confeitaria em geral, aplicação nos cardápios de: restaurantes comerciais, buffets, hotéis, merenda escolar, e todo segmento do de alimentação rápida.

O desperdício da produção de banana é grande, em torno de 50% e uma forma para minimizar essas perdas é o aproveitamento dos frutos excedentes ou impróprios para o consumo “in natura”, algumas já encontradas no mercado, como a banana passa, banana chips, bananada e até balas de banana. Com a biomassa pode-se criar pão, salsicha, sorvetes etc. Outra forma seria aproveitar a banana na forma de farinha, o que permitiria o uso das frutas rejeitadas para a venda in natura.

Heloísa é uma entusiasta e acredita que somente a divulgação do projeto pode ampliar o consumo da banana verde, ela própria realiza vários treinamentos e cursos para preparação da biomassa . Heloísa chama a atenção dos administradores públicos e empresários, para encampar esse desafio.

Aos 72 anos de idade, Heloísa, que traz uma cronologia de vida extremamente ativa e entusiasta no desenvolvimento do país, através de seus eventos, demonstra que há várias possibilidades de elaboração de produtos a partir da fruta verde e que vencer a fome é possível. E isto com muita criatividade e economia, mostrando a viabilidade nutricional e econômica da banana verde.

Receitas

Brigadeiro de Banana Verde

Ingredientes

– 1 lata de leite condensado;

– A mesma medida de leite de vaca fresco;

– A mesma medida da lata de leite condensado (de biomassa de polpa de banana verde aprox. 500gramas);

– 50gramas de margarina;

– 200 gramas de chocolate em pó;

– 200 gramas de chocolate granulado .

Modo de Preparo

Numa panela misturar todos os ingredientes, levar ao fogo mexendo sempre até soltar do fundo da panela, dando ponto para enrolar os docinhos.

Despejar em uma bancada, deixar esfriar e enrolar, no processo tradicional de preparo de brigadeiros e passar no chocolate granulado.

Rendimentos: 130 docinhos padrão festa ou 50 porções de 50gramas .

 

Suco Multi-Frutas com Polpa de Banana Verde

Ingredientes

– 2 unidades médias de Banana Nanica Cozidas e sem casca;

– 500 ml de suco de laranja;

– 400 gramas de melancia sem semente;

 

Modo de preparo

Bater tudo no liquidificador, despejar numa jarra e levar à geladeira.

OBS:Se preferir mais doce, acrescentar açúcar ou adoçante a gosto.

 

Feijão Enriquecido com Banana Nanica Verde

Ingredientes:

– 250 gramas de feijão : carioca, rosinha, roxinho ou de sua preferência;

– 2,5 litros de água para cozinhar;

– 0,5 colher das de café de colorau em pó ou urucum;

– 2 un de Banana Nanica Verdes cozidas sem casca;

Modo de Preparo:

Depois de cozido, temperar o feijão a seu gosto, retirar 5 conchas de caldo de feijão e levar ao liquidificador com as duas bananas verdes cozidas sem casca e o colorau em pó. Bater bem e retornar essa mistura à panela do feijão já cozido. Deixar levantar fervura e está pronto para servir.

OBS: Desejando o caldo menos espesso, acrescentar água fervendo e deixar ferver por mais alguns minutos.

 

Arroz à Brasileira

Ingredientes

– 2 xícaras de chá de arroz agulhinha;

– l lata de 200 gramas de ervilhas (escorrida);

– 1 lata de 200 gramas de milho verde (escorrido);

– 500 gramas de casca de banana verde cozida e picada;

– 50 gramas de queijo ralado;

– Sal à gosto;

– 1 colher das de sopa de margarina;

Modo de Preparo

Cozinhar o arroz normalmente (reservar);

Num recipiente próprio para forno despejar o arroz cozido, acrescentar o milho, a ervilha ambos escorridos, a casca da banana cozida e picada em cubinhos pequenos e a margarina.

OBS: Desejando enriquecer mais, acrescente cenoura ralada

Pulverizar com queijo ralado e levar ao forno para gratinar.

 

 

Nhoque de Banana Verde

Ingredientes

– 500 gramas de Biomassa de Polpa de Banana Nanica Verde gelada;

– 1 colher de sopa de maionese;

– Farinha de trigo suficiente para polvilhar a mesa e dar ponto à massa;

– 30 gramas de açafrão em pó;

– 50 gramas de queijo ralado

Modo de Preparo

Numa mesa ou mármore misturar a biomassa com a maionese .

Misturar as 30 gramas de açafrão na farinha de trigo e ir polvilhando a massa até dar ponto de enrolar.

Cortar a massa em formato de nhoque , e cozinhar em água fervente com um fio de óleo, como no método convencional.

 

Molho ao Sugo

– 520 gramas de polpa de tomate;

– 250 gramas de Biomassa de Banana Verde (polpa);

– l tablete de caldo de carne;

– l pimentão vermelho pequeno;

Modo de Preparo:

– Colocar o molho com o caldo de carne para ferver. Enquanto isso, bater no liquidificador o pimentão sem semente com água e acrescentar a biomassa bater tudo. Quando a polpa do tomate estiver fervendo, acrescente essa mistura, acrescente sal e ervas à gosto e deixar ferver. Está pronto para acrescentar à massa

– OBS: Se desejar, acrescente casca de banana verde cozida e picada ao molho, é rica em fibras.

 

Pudim Cocoban

– 100 gramas de coco ralado seco ou fresco;

– 1 lata de leite condensado

– 4 ovos inteiros;

– l lata de creme de leite.

Modo de Preparo

Junte todos os ingredientes e leve ao liquidificador batendo bem. Despeje numa forma refratária de anel, untada com margarina. Cozinhar em potência alta de 7 a 8 minutos em forno de micro ondas. Deixe no forno até ficar morno e desinforme. Leve à geladeira até o momento de servir.

OBS Se desejar, fazer em forno convencional, deixe no forno em banho-maria até dourar.

Rendimento 10 porções

 

Alguns números interessantes sobre a banana no Brasil
A banana é a 4ª cultura mais importante do planeta, só perde para o arroz, o trigo e o milho); 85% da produção mundial é destinada para o consumo familiar. Fonte: Projeto Banana Verde
Os Empresários interessados em obter mais informações sobre o Projeto Pró-Banana Verde, poderão entrar em contato pelos telefones: (11) 3088-1513/3487-2065 e-mail: bananaverde@brazilhost.com.br com Heloísa de Freitas Valle


Post Author: partes