Acontecimentos… O que nos espera em 2004?

Acontecimentos… O que nos espera em 2004?
por Madalena Carvalho

 

.. Haverá quem mude com os ventos e haverá quem permaneça na pureza dos rochedos. No meio de todos eu ouvirei calado e atento, comovido e risonho. Escutando verdades e mentiras, mas não dizendo nada. Só a alegria de alguns compreenderem bastará. Porque tudo aconteceu para que eles compreendessem que as águas mais turvas contêm às vezes as pérolas mais belas”. Vinicius de Moraes

Madalena Carvalho é Consultora Organizacional, atuando em projetos de desenvolvimento e gestão de pessoas. Carreira executiva em empresas nacionais e multinacionais, destacando-se a Ford Brasil, onde exerceu suas atividades por 10 anos. Palestrante e conferencista em temas como Formação de Lideres, Motivação, Gestão Estratégica, Mudança Organizacional, Trabalho em Equipe, entre outros. Articulista em jornais e revistas eletrônicos. Consultora do portal Businesscom. Formada em Administração de Empresas (87) e Pós Graduada em Recursos Humanos, (89) pela ESAN Escola Superior de Administração de Negócios – São Paulo. Diretora da Carvalho & Lima Consultores Associados.

A cada ano que se inicia renovamos nossos sonhos e fazemos um balanço de nossas vidas. Evidentemente nem todos os sonhos são realizados bem como nem tudo são flores, porém, é imprescindível que possamos manter a cada dia do ano a força e a coragem necessárias para seguirmos firmes e resolutos na conquista de nossos ideais.

E não há dúvida que por mais que as águas da vida possam parecer turvas, nelas encontramos as pérolas mais belas, como bem disse Vinicius no seu poema “Acontecimento”. E que cada momento do passado possa servir de referencial de aprendizado para o futuro. Por isso tão importante o nosso presente, o dia de hoje, pois é nele que o dia passado se torna um sonho de felicidade e o futuro uma visão de esperança.

Agora, que acontecimentos nos esperam para este novo ano de 2004? Para as projeções econômicas, políticas ou sentimentais, há especialistas suficientes, mas seguramente este ano que se inicia será magnífico para aqueles que assim o desejarem. Por que? Porque tudo de bom acontece para os que fazem e querem o melhor.

Fazer o melhor significa traçar planos e estratégias para a obtenção de resultados satisfatórios, sem isso não há ano esplendoroso por mais que o desejemos. Há uma fórmula ideal? Não, com certeza não! Cada um é responsável pelo seu destino e, portanto, cada um faz o seu caminho, mas há atitudes capazes de modificar e atrair o sucesso e a felicidade.

Essas atitudes, para melhor fixarmos em nossas mentes, podemos buscá-las em pessoas que foram batalhadoras em 2003 e que nos servem de exemplo. A escritora francesa, Madame Lambert dizia que “Os conselhos não têm autoridade quando não são mantidos pelo exemplo”, portanto, que possamos seguir estes exemplos:

1. Em primeiro lugar é preciso que tenhamos um objetivo concreto em nossas vidas, só a partir de um objetivo é que podemos traçar um plano estratégico e realizável. Neste ponto, o grande exemplo de 2003 vem do nosso Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva, que tinha como objetivo de vida chegar a este posto. Aprendeu com os erros, criou novas estratégias, aliou-se a pessoas certas e principalmente não desistiu. Sua força e coragem o fizeram presidente e assim tomou posse em 01 de janeiro de 2003.

2. Um outro fator fundamental é a confiança em si mesmo. Aqui o exemplo é a cantora Luka, que já tocava violão aos sete anos de idade e que estourou nas paradas com o sucesso “Não tô nem aí”. Reprovada em concursos de calouros, não aceita no Fama da Rede Globo; porém consciente da sua capacidade, resistiu às derrotas, usou da sua inteligência e continuou fazendo o seu melhor e agora o sucesso lhe sorri de “Portas Abertas”[1].

3. Iniciativa e liderança são, também, primordiais. E Bernardinho, o técnico de vôlei campeão é o grande exemplo. Seu corpo fala por ele, cada expressão sua mostra a paixão pelo trabalho e conduz com maestria seu time. Embora a Seleção Brasileira de Vôlei seja composta por jogadores extraordinários, ele sabe fazer as alterações em prol da equipe, independente do desempenho individual, e a sua liderança é sentida até pela equipe adversária. Não é à toa que Bernardinho coleciona vitórias.

4. A ginasta Daiane dos Santos, que escreveu seu nome na historia da ginástica olímpica mundial no ano de 2003 nos dá três grandes exemplos: primeiro ela possui uma personalidade agradável, está sempre com um sorriso nos lábios e é de uma simpatia incrível, esse comportamento é fundamental para a felicidade; segundo, ela sabe reconhecer que não se pode alcançar o sucesso individualmente, e a todo o momento divide seus louros com o técnico Oleg Ostapenko e em terceiro lugar soube superar seus obstáculos, pois Daiane no início de 2003 estava lesionada.

5. E finalmente outro atleta para fechar esta galeria de exemplos é o vencedor da São Silvestre no último dia de 2003, Marílson Gomes dos Santos, que na corrida anterior chegou apenas sete segundos atrás do primeiro colocado, no entanto, a grande lição é que podemos e devemos tirar proveito das derrotas. Ele soube identificar o que precisava ser corrigido, passou um ano inteiro treinando, usou o passado como referência e superou os adversários justamente no ponto em que no ano anterior havia perdido.

Exemplos não nos faltam, que possamos nos espelhar em muitos deles para criar ou modificar a nossa própria história e ao chegar o final do ano fazermos um balanço positivo. E lembrando Göethe[2]: Não basta saber, é preciso aplicar, não basta querer, é preciso fazer. Feliz 2004!

[1] Portas Abertas é o titulo do seu CD de estreia.

[2] Escritor alemão (1749-1832)

Post Author: partes