Amigo é dinheiro no bolso






Paula Guimarães Chegou o Dia Internacional da Amizade, celebrado em 20 de julho. Mas como confiar nas pessoas, ter amigos, diante de um cenário no qual a insegurança tem ganhado espaço? Andamos pelas ruas olhando para os lados, segurando firme o celular, a bolsa, porque a qualquer momento podemos ser assaltados. São inúmeros e impressionantes […]






Por que tanta gente se arrisca tanto para vive rnos EUA?






  POR QUE TANTA GENTE SE ARRISCA TANTO PARA VIVER NOS EUA? em diálogo com o texto de Diego Casagrande (http://www.metrojornal.com.br/m/#/artigo/348881) Por William Jorge Gerab Uma das vantagens econômicas dos países mais desenvolvidos é a de que conseguem puxar para o seu território grande parte das riquezas produzidas nos países sobre os quais mantêm algum […]






Como partimos de Dr. Kildare e chegamos a … House?






Como partimos de Dr. Kildare e chegamos a … House?  Por Sonia Regina Rocha Rodrigues Todo médico de minha geração lembra-se do Dr. Kildare, que inspirou tantos entre nós. Admirado, amado mesmo, este jovem médico (ainda estudante) era apresentado como uma pessoa útil, atenciosa, dedicada, compreensiva, que escutava e consolava seus pacientes. Nos seus relacionamentos […]






O “tempo” da primavera






* Por Dijanira Silva Quem já plantou uma semente e esperou os dias passarem para vê-la germinar, nascer e desabrochar, sabe dar mais valor a um campo florido! Provavelmente também aprendeu a respeitar o processo que a vida exige para ser plena. A natureza sabe que cada coisa acontece no seu devido tempo e entre […]






Redução da maioridade penal e psicologia: reflexões iniciais






REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL E PSICOLOGIA: REFLEXÕES INICIAIS[*]   Alessia Rodrigues Moura[†] Ana Paula Farias Ferreira[‡] Anatália Daiane de Oliveira[§] Resumo: Este artigo tem como objetivo refletir sobre a redução da maioridade penal a partir da Psicologia. Trata-se de uma revisão bibliográfica, utilizando como procedimento metodológico uma busca no SCIELO e no Google acadêmico, tendo […]






Filosofia x Conhecimento: uma análise sobre a Filosofia e a Sociedade Moderna






FILOSOFIA X CONHECIMENTO: UMA ANÁLISE SOBRE A FILOSOFIA E A SOCIEDADE MODERNA.   Maura Cristiane Santana Carneiro Resumo O presenta artigo versa sobre a filosofia em uma abordagem relacionada à sociedade moderna e suas implicações em relação ao pensamento humano atual. A principal relação que se coloca é da filosofia x conhecimento, que busca transformar […]






O idiota e o nômade






  O idiota e o nômade   Ronie Von Rosa Martins Cynthia Farina RESUMO: Através da aproximação de dois personagens conceituais de Deleuze, procuraremos definir duas formas de pensar o momento contemporâneo, uma através da personagem do Idiota; ortodoxa, dogmática, habitante de si mesmo e o outro através do Nômade, personagem que se vulnerabilizando aos […]






A “possibilidade” de uma transformação a partir da apropriação das tecnologias da “informação”: refletindo as recentes manifestações que ocorreram no Brasil






A “POSSIBILIDADE” DE UMA TRANSFORMAÇÃO A PARTIR DA APROPRIAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DA “INFORMAÇÃO”: REFLETINDO AS RECENTES MANIFESTAÇÕES QUE OCORRERAM NO BRASIL Zaqueu Luiz Bobato[1] Os escritos que seguem nesta revista resultam de reflexões realizadas na madrugada de 21 de junho de 2013 uma sexta-feira. Confesso que foi para mim uma madrugada de preocupação, pois acompanhando […]






Virginia Woolf e Bell Hooks: demarcadas pelo gênero






  Virginia Woolf e Bell Hooks: demarcadas pelo gênero[1]   Taysa Silva Santos *       A mulher deve ser a protagonista de sua história, cabe a ela requerer seu espaço na sociedade desconstruindo essa ideia que perpassa gerações de que o homem é o sujeito único da história. Para tanto, deve se apossar […]






A Fé divina e a fé humana






Nair Lúcia de Britto publicado em 09/11/2011 www.partes.com.br/reflexao/espiritualidade05.asp   Sempre é bom lembrar que tudo que é divino vem de Deus. E tudo que é humano vem do homem. E que as leis divinas são as mais perfeitas; e as leis humanas são ainda falhas porque o homem é falível e está justamente no planeta […]