Educação

A sala de aula 2.0

Por Ewerson Matos, Diretor de Negócios, Epson do Brasil   Para a geração millenial, as telas são as interfaces do dia a dia. Eles estão acostumados desde muito cedo com a interatividade. É a forma como se engajam com novas informações: seguindo links, avaliando informações complementares, conhecendo através de imagens, gráficos, mapas. No entanto, para essa geração conectada, o quadro negro continua a ocupar uma posição central na sala de aula. Sem interação, essa forma de exposição de conteúdo dispersa a atenção dos estudantes. Com tecnologia e acessibilidade, a informação circula com grande agilidade e chama mais atenção de crianças e adolescentes quando apresentada de formas que comunicam na mesma linguagem de sua geração. O quadro negro foi uma inovação...
Continue a Leitura »

Os desafios da educação do século XXI

Spencer Kagan (*) A educação tem tentado resolver os problemas do século XXI utilizando conceitos do século XX. E isso simplesmente não funciona nem vai funcionar. O problema: o planejamento da aula. Como Einstein sugere, a solução é adotar uma nova consciência. A educação precisa de uma nova perspectiva, de um novo olhar,  de uma mudança de paradigma. À medida que entramos no novo milênio, uma série de fatores está convergindo para fazer o atual trabalho dos professores parecer impossível. Estamos preocupados somente com resultados. Um exemplo é a prova do IDEB.  Obter notas mais altas é uma visão estreita do processo educacional. Nós precisamos desenvolver os alunos em diferentes aspectos. Nossa força de trabalho tornou-se mais global e...
Continue a Leitura »
Educação

A sala de aula como espaço sócio histórico de aprendizagem: reflexões sobre o contexto escolar

Por Roberta Poltronieri Sociedade pós-moderna ou Sociedade contemporânea? Razão e capitalismo de mãos dadas, na história após a Revolução Francesa, assim a contemporaneidade iniciada no mundo ocidental e a consolidação do capitalismo, trouxe muitas reflexões e modelos de cidadãos, moldados pelo sistema econômico. Ao mesmo tempo o conceito de pós modernidade adveio com o esgotamento da razão na modernidade e a queda do muro de Berlim, prosseguiram a passos rápidos para a industrialização em massa, novas formas de exploração da mão de obra, consumo e a propaganda do progresso, que muitas nações aderiram em busca de se consolidar na era pós moderna, cultura, tecnologia, estética e a relativização da razão, permeiam alguns discursos em curso quando se fala sobre...
Continue a Leitura »
Educação

Por uma infância que dure a vida inteira

Criança tem que brincar todo dia. Mas férias é tempo de brincar ainda mais! Nesta época do ano as crianças não tem horário certo para acordar, nem lição de casa para fazer. Ou seja, é tempo de usar todo o tempo livre para brincar e se divertir. Tá certo que nem sempre é possível conciliar férias escolares com férias do trabalho, e esse período acaba sendo um “problema” para muitas famílias. Mas o que devemos ter em mente é que as férias sempre são muito esperadas pelas crianças e mesmo não estando de férias do trabalho, este momento é uma ótima oportunidade para se conectar novamente com aquela criança que habita (ou deveria habitar) o seu corpo. Que delícia...
Continue a Leitura »
Educação

A importância do Planejamento Escolar no início do ano letivo

Por Roberta Poltronieri As instituições escolares movimentam-se na tarefa educativa por meio de algumas formas. Ao começar o ano, muitos desafios e caminhos estão postos para o profissional da educação traçar durante todo o ano, a duração dos trimestres, novos alunos, materiais escolares, organização das aulas, entre outros fatores relevantes ao processo educacional dentro e fora da sala de aula. O processo de ensino e aprendizagem é a força geradora motriz do trabalho do professor, e muitas são as questões a serem pensadas, quando o sujeito professor entra em ação na sala de aula. Vasconcellos nos orienta que “ Planejar é um processo contínuo e dinâmico, de reflexão, tomada de decisão, colocação em prática e acompanhamento” De forma que...
Continue a Leitura »
Educação

Adaptação e readaptação na volta às aulas

* Por Edivoneide Andrade Muitas crianças, sejam elas marinheiras de primeira viagem ou veteranas, apresentam resistência em retornar à rotina escolar. Diante desse comportamento, os pais devem ter uma postura precisa para evitar possíveis traumas e transtornos futuros. O segredo é dialogar, pois quando há uma conversa franca entre pais e filhos, esta atitude evita problemas com os pequenos, principalmente com aqueles que estão ingressando, pela primeira vez, na escola e requerem uma atenção especial por parte dos seus genitores. Para os estreantes, a atenção deve ser redobrada, afinal, o primeiro dia de aula, muitas vezes, pode trazer resistência se não tiverem sido preparados para encarar um novo ambiente com pessoas totalmente desconhecidas. A insegurança toma conta dos pequeninos,...
Continue a Leitura »
Em questão

Um olhar para o Futuro

Por Heliomar Quaresma Um filme passa à memória quando rememoramos o passado. Analisamos as situações, os êxitos, os fracassos, o porquê de algo ter dado certo e os motivos para o que frustrantemente não se concretizou como o planejado. A vida, por mais que tentemos, é incontrolável. A soma da sucessão de eventos e seus efeitos levam a situações que, por mais que nos esforcemos, fogem às nossas expectativas e previsões. Mas o planejamento serve para que possamos alcançar, apesar dos percalços, nossos objetivos, sejam eles pessoais ou das organizações que nos encontramos. 2016 foi mais difícil do que poderíamos prever. Por mais que as análises da conjuntura pudessem especular sobre os rumos do país e da economia, a...
Continue a Leitura »

Professor, conheça a ‘Sala de Aula Invertida’

Luciana Campos (*) Você já parou para pensar quantas aulas um professor pode dar em uma semana? E quantos alunos esse professor precisa atingir? Será que todos os alunos conseguem compreender o conteúdo e tirar suas dúvidas? Você, que já pisou tantas vezes em uma sala de aula, sabe que ¼ do tempo da aula é dedicado à burocracia, como diário de classe, agendas, informativos. O outro ¼ da aula é para acalmar a bagunça, colocar a sala em ordem e chamar a atenção dos alunos. Assim, resta apenas metade do tempo para que o professor exponha os conteúdos didáticos. Mas quanto tempo é direcionado para a interação com os alunos? Parece não haver espaço para compartilhar ideias, debater temas...
Continue a Leitura »
Educação

O que não estamos vendo no debate sobre a Escola sem partido

O QUE NÃO ESTAMOS VENDO NO DEBATE SOBRE A ESCOLA SEM PARTIDO  Por rabino Samy Pinto Nos últimos meses, um forte e acalorado debate envolvendo o projeto Escola Sem Partido vem ganhando destaque no meio educacional brasileiro. Apoiadores e críticos estão apresentando seus pontos, sobre o polêmico assunto, em diversas discussões que, pouco a pouco, perderam seu foco. E se perdeu devido a forma que a questão é tratada atualmente, que considera toda a problematização com uma visão política, e não científica, como deveria ser. Então, a conversa se transforma em um impasse, em que dois polos defendem suas posições. Mas qual seria esse o cerne da questão, que é exatamente o que importa para desenvolver uma discussão saudável?...
Continue a Leitura »
Em questão

A aviação e suas regras

  Fábio A. Jacob* A aviação conseguiu, em menos de um século, aproximar os continentes, as empresas e, principalmente, as pessoas. Foi uma evolução tão rápida que não há paralelo na história humana. De equipamentos rudimentares a aeronaves confortáveis e seguras, que transportam bens e pessoas através de todo o globo. O que há pouco mais de cem anos parecia impossível, como almoçar em Paris e jantar em Nova Iorque, hoje é trivial. Tão acelerado progresso requereu a criação de organismos nacionais e internacionais para lidar com o crescente fluxo de aeronaves. E não só do fluxo, mas também para cuidar das situações não previstas ou desejadas, como acidentes, infelizmente inevitáveis na atividade humana. Sempre que uma dessas situações...
Continue a Leitura »
Ciência e Tecnologia

Relações de trabalho no circuito espacial da produção de papel reciclado

RELAÇÕES DE TRABALHO NO CIRCUITO ESPACIAL DA PRODUÇÃO DE PAPEL RECICLADO   Taís de Oliveira* Luis Felipe Carvalho**   INTRODUÇÃO            O presente trabalho analisa o circuito espacial produtivo de uma fabrica que produz papel reciclado inserida na cidade de Irati – PR. O termo papel é dado a uma folha composta por fibras vegetais, as quais foram desintegradas, refinadas e depuradas e tiveram ou não a adição de outros ingredientes, para se obter o produto final. Com a produção de bens o homem passa de uma existência meramente biológica a uma existência social, ou seja, passa a ter um meio de gerar lucro para sua vida.  Para produzir os homens não podem permanecer isolados, é preciso a...
Continue a Leitura »
Educação

Boas práticas em educação inovam o aprendizado da língua portuguesa

No universo virtual, onde as mensagens são instantâneas, escrever cartas à mão parece ser um hábito tão remoto e ultrapassado, que fica impossível pensar que a prática pode se tornar uma ferramenta para o aprendizado e aprimoramento do uso da língua portuguesa no ambiente escolar. Tudo começou como uma brincadeira e hoje o projeto “De carta em carta…encontrando caminhos” tem sido aplicado como metodologia de ensino em escolas do interior paulista. A iniciativa tem a assinatura de Meire Cristina Fiuza Canal, educadora e professora de português do Ensino Fundamental. A iniciativa foi reconhecida nacionalmente e apresentada no 4º Seminário Nacional Investigando Práticas em Sala de Aula, promovido pela Editora Positivo, em parceria com a Universidade de Lisboa, em Curitiba...
Continue a Leitura »
Em questão

Indecência

INDECÊNCIA Nair Lúcia de Britto   Cidades da Baixada Santista estão vivenciando um verdadeiro caos. A população está sem atendimento médico adequado, trabalhadores não recebem salários; calçadas que não são mais calçadas, mas, sim, rampas para entrada de carros e, agora, a abundância de lixo que toma conta dos espaços. Em Cubatão, munícipes revoltados jogaram lixo no meio da rua impedindo a passagem dos carros. A revolta é má conselheira e não resolve nada. Não se conserta um erro com outro erro, principalmente se atinge justamente a população inocente. Muito embora seja uma situação revoltante que, além da falta de serviço à saúde, ainda se instale um ambiente propício às doenças; recomendo à população que minore o grave problema...
Continue a Leitura »
Alimentação

consumo de ovos de galinhas felizes: a produção de alimentos e a proteção animal

Rodrigo Berté, André Pelanda e Augusto da Silveira Atualmente no Brasil, a forma como se produz carne e outros alimentos passa por um processo de uso dos animais domésticos como meras máquinas de produção. De um lado, o frango come ração e do outro sai o ovo, em um verdadeiro confinamento, um cenário repleto de medicamentos e hormônios para evitar doenças e em especial o canibalismo entre as aves. A galinha feliz é aquela que expressa o comportamento natural, ou seja, ciscar, dormir em poleiro, pastar, tomar banho de areia, bater as asas, empoleirar, ter espaço suficiente para se movimentar – o que é impossível em confinamentos com menos de 50 centímetros para cada uma. O bem-estar animal encontra-se...
Continue a Leitura »
Educação

Compartilhar, um verbo que o MEC não conjuga

Rubens F. Passos* Neste início de novo governo, além das reformas estruturais (tributária, trabalhista, previdenciária e fiscal), é necessário consertar de imediato algumas questões pontuais que vinham prejudicando setores prioritários. Uma delas refere-se à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em fase de debate e consultas públicas, e à reforma da estrutura do ensino, em discussão no Ministério da Educação e no Congresso. O primeiro problema é a demora nesse processo, considerando que a precariedade da educação pública é antiga e recorrente. Portanto, estamos muito atrasados na busca das soluções.          Entretanto, o viés mais grave dessa situação diz respeito ao distanciamento dos professores, coordenadores e diretores de escolas. Por mais que se façam audiências públicas e consultas, o Magistério, que conhece...
Continue a Leitura »
Em questão

Uma técnica corporal totalmente diferente do convencional que propõe destravar tensões acumuladas ao longo do tempo

Nair Lúcia de Britto EMOÇÕES, FRUSTRAÇÕES, DORES e perdas são experiências que o corpo não esquece. Desde o dia em que você nasceu até agora, sua história de vida se revela na rigidez, na retração e na tensão acumulada nas costas, membros, diafragma e também no rosto.   “As pressões que você sofreu levaram você a se conformar, mas esta conformação algumas vezes pode gerar deformações”, diz a fisioterapeuta, Thérèse Bertherat, em seu livro O Corpo Tem Suas Razões, escrito com a colaboração de Carol Bernstein e publicado pela editora Martins Fontes.   Thérèse reside em Paris, porém em fins de julho ela esteve em São Paulo para uma palestra sobre a técnica que criou na década de 70:...
Continue a Leitura »
Em questão

A ansiedade infantil

Por Maria Luiza Silva Medeiros Ansiedade é um sentimento, geralmente, associado ao medo, antecipação de perigo ou ameaça, que vem acompanhado por pensamentos e interpretações catastróficas sobre o futuro. Este sentimento acomete tanto a população adulta quanto as crianças. E como a ansiedade se manifesta na infância? Em termos conceituais e funcionais, a ansiedade pode se manifestar de maneira normal ou como um transtorno. Como assim, normal? É isso mesmo, a ansiedade é um sentimento importante para nós, pois quando vivenciada no dia a dia, nos permite correr atrás de um objetivo, nos preparar para os desafios e fugir de situações de perigo, sem que haja um comprometimento na nossa vida. Por outro lado, a ansiedade considerada como um...
Continue a Leitura »
Em questão

O “tempo” da primavera

O “tempo” da primavera * Por Dijanira Silva Quem já plantou uma semente e esperou os dias passarem para vê-la germinar, nascer e desabrochar, sabe dar mais valor a um campo florido! Provavelmente também aprendeu a respeitar o processo que a vida exige para ser plena. A natureza sabe que cada coisa acontece no seu devido tempo e entre dias e noites, contempla silenciosa a transformação em seu seio, sem jamais ter pressa para colher os frutos. É por isso que as flores da primavera são também sinais de etapas superadas, ciclos que se completam e, ao mesmo tempo, começam no eterno movimento que é a vida. Acredito que contemplar a primavera é uma oportunidade para nos revermos e...
Continue a Leitura »
Em questão

Te prometo ser fiel

Te prometo ser fiel   *Renata Vasconcelos               É triste, mas é verdade: aproximadamente 57 mil mulheres descobrem ter câncer de mama todo ano no Brasil, de acordo com o INCA. Eu fui uma dessas mulheres. Mais que números, são milhares de vidas atingidas fortemente por uma doença que faz sofrer quem a tem e quem está ao lado.             Quando descobri o câncer de mama estava com 33 anos, cheia de planos e tinha acabado de sair de um tratamento de gravidez sem sucesso. A notícia foi como ser afogada de novo numa piscina, sem ter mais fôlego. Era exatamente esta minha sensação! Passei por quimioterapia, e radioterapia. Depois de três anos, passei a fazer acompanhamento médico...
Continue a Leitura »
Cidadania

Desaposentação, leis e a Torre de Babel

Desaposentação, leis e a Torre de Babel   Johnny Notariano notarian@usp.br A Torre de Babel foi uma tentativa de o homem descobrir os segredos de DEUS. Projetaram-na tão alta e depois sucumbiram aos infelizes propósitos. Após muitas tentativas tiveram a resposta que não esperavam. Céticos ou não DEUS existe, provou e prova a todo instante SUA existência. Confundiu o idioma de todos de maneira a não se entenderem e, com isso a TORRE DE BABEL foi simplesmente destruída. Entenda o Livre Arbítrio e nunca mais questionará a existência de DEUS. O que estamos vivendo hoje com tantas Leis; Advogados; Juízes e sentenças tem alguma diferença ou semelhança com a TORRE DE BABEL? A conclusão a que cheguei sobre as...
Continue a Leitura »